‘Sem vitórias’ querem surpreender no Arrancadão de Tratores em Maripá

11 de novembro de 2009

No meio rural ou no agronegócio, os Sem Terras são bastante conhecidos. Agora poderá ser comum ouvir falar também nos “Sem Vitórias”. Tudo porque o Arrancadão de Tratores, que reúne em sua maioria pilotos/agricultores, tem um grande número de competidores que nunca venceram e passaram a integrar o esquadrão dos “Sem Vitórias”.

No próximo domingo (dia 15/11) eles prometem surpreender, quando disputarão o GP de Maripá, na região Oeste do Paraná, encerrando a temporada 2009 do Arrancadão de Tratores.  Estão no grupo Emílio Adelar Tavares (da equipe Tavares Racing), Alvizio F. Koelzer (Tavares Racing), Anildo Schanoski (601 Racing), Darli Drisner (Cobra Racing), Davi Haroldo Bretzke (Metracol & Primor Racing), Gabriel Santos (Dysord Racing), Marcelo Gabriel Jacobi (CBTroit Racing), Marcelo Koralewski (CBTroit Racing), Aldecir Rohloff (178 – Família Wagner Motorsport) e Valdinei Vieira dos Santos (Bate Motorsport).

Dos representantes do Paraguai, integram os “Sem Vitórias” Lívio Osvaldo Fester, que competem pela equipe Bruttus II Racing, e Eduardo Jesus Faustino, que defenderá a equipe Cavalo de Aço Racing. Conquistar a primeira vitória já um tabu para os pilotos Anildo Schanoski e Davi Davi Breteske, de Maripá. Por várias vezes eles estiveram com a mão na taça, mas deu na trave.

No ano passado e em 2007, Anildo Schanoski quebrou o recorde da pista por três vezes durante as baterias classificatórias, mas quebrou a caixa de câmbio nas finais. “Em 2007 quebrei o recorde da pista três vezes seguidas, nos classificamos para as finais como o mais rápido, mas o câmbio nos deixou na mão. Para o GP deste domingo, o preparador Ivanir Lazarin trabalhou por mais de 60 dias no trator, revisou minuciosamente parafuso por parafuso e garante que temos excelente oportunidade de vencer pela primeira vez”, diz Anildo.

David Breteske tem como preparador o experiente Jocimar Frandoloso e diz que este ano só quer proporcionar momentos emocionantes comemorando a vitória. “Já passamos por muitos momentos no Arrancadão de Tratores, como se classificar para a decisão e o trator quebrar antes da largada. Este ano nos preparamos para evitar surpresas”, afirma David.

A programação do GP de Maripá começa no próximo sábado (dia 14/11), com a parte noturna da competição. Os treinos livres serão das 18 às 20 horas. Às 21 horas começam as baterias classificatórias, enquanto que a partir das 23h30 acontece o Baile no Amarelão, animado pela Banda Miragem.

A programação do domingo prevê treinos livres das 9h30 às 11 horas. Às 13 horas reiniciam as baterias classificatórias; 15 horas, apresentação e desfile das equipes; 16 horas, disputas das semifinais; 17 horas, disputa da final; 17h30, cerimônia de premiação, ao passo que das 17h30 às 21h30 está programado o matine, animado pela Banda Miragem. A venda antecipada de ingresso será apenas em Maripá, nos postos credenciados. O passaporte para os dois dias custará R$ 18,00. Na bilheteria, o ingresso será R$ 12,00 para cada um dos dois dias.

Fotos: Divulgação.