W Racing aposta no título em Interlagos

11 de novembro de 2009

A W Racing pode ser considerada a Brawn GP da Copa Renault Clio. Em sete corridas disputadas nesta temporada, a equipe chefiada pelo tricampeão da categoria, José Córdova, ganhou nada menos que seis etapas. Três vitórias do líder do campeonato, com 127 pontos, José Vitte e outras três do vice-líder Rolf Gemperli, que tem 22 pontos a menos que seu companheiro. Rodolfo Pousa aparece na terceira posição, com 104, um ponto a menos que Gemperli. Além deles, Edson do Valle venceu a disputa realizada em Londrina, no mês de julho, mas depois do resultado em Curitiba, está matematicamente fora da disputa pelo campeonato.

Como a pontuação máxima que se pode conquistar na Copa Renault Clio é de 27 pontos, os três são os únicos pilotos que ainda tem chance de conquistar o título deste ano na etapa de Interlagos no dia 29, que encerra a temporada 2009. Na opinião de Córdova, Vitte tem tudo para sagrar-se campeão deste campeonato muito disputado.

“A competição entre os seis primeiros, que são os mais experientes e sempre andaram na categoria, foi muito acirrada e todos andaram muito bem. Acho que em São Paulo o Vitte tem uma boa chance de ser campeão, por causa da vantagem que ele tem para o Rolf e o Pousa, que vêm correndo por fora”, analisou. Até Curitiba, cinco pilotos estavam na briga pelo campeonato: além de Vitte, Gemperli e Pousa, que ainda alimentam chances, Edson do Valle e Wagner Cardoso (vice-campeão de 2008) duelavam pela taça de campeão.

Apesar de ter o título de pilotos praticamente garantido para a equipe sediada em Curitiba, Córdova afirma que a equipe não vai poupar esforços na última etapa da temporada para sair de Interlagos com o campeão e o vice de 2009.

“Vamos com o espírito de ganhar a corrida. Vamos para São Paulo para colocar os dois carros brigando para vencer. O Rolf tem de ir com tudo para a vitória, mas depende de alguma falta de sorte do Vitte, que tem de ir para a corrida pensando no campeonato, e não só na corrida”, disse.

O tricampeão afirma ter conversado bastante com o líder da temporada, de quem tem pedido uma postura semelhante à que Jenson Button apresentou na Fórmula 1, depois de ter aberto uma confortável vantagem depois das sete primeiras etapas do campeonato – das quais venceu seis.

“Eu venho falando com o Vitte que ele tem que ser que nem o Button foi na Fórmula 1. Tem de usar a cabeça. Na última etapa que teve aqui Interlagos ele se envolveu em um acidente quando ele estava em segundo lugar. Se não tivesse batido, já seria o campeão. Já falei para o Vitte, se ele terminar a corrida, quase com certeza, o campeonato é dele”.

Confira a classificação do campeonato após sete etapas:

1 José Vitte –127 pontos
2 Rolf Gemperli –105
3 Rodolfo Pousa –104
4 Edson do Valle –97
5 Wagner Cardoso –74
6 Cesare Marrucci –29
7 Carlos Rocha – 28
8 Ulisses Silva – 19
9 Luciano Kubrusly – 17
10 Ydenis de Souza – 16
11 Claudio Zanotto Jr –14 e Raino Kreis Jr – 14
13 Roberto Santos –11
14 Willians Farias e Fabio Delamuta – 6
15 Rodrigo Rocha, 4
16 Peter Gottschalk e Almir Morales, 3
17 Carlos Victorino, 2
18 Marcelo Costa, 1

Foto:Fernanda Freixosa/Divulgação.