Joaninha sai confiante do primeiro treino do Night of the Jump

5 de dezembro de 2009

O mato-grossense Gilmar “Joaninha” Flores ficou satisfeito com o primeiro treino para a etapa final do mundial de FMX, que será disputado em Fortaleza (CE) neste sábado (5). O treino que começou conturbado para os brasileiros terminou com esperança de boa classificação.

Depois de duas sessões de treino, Joaninha se adaptou às rampas que são diferentes das usadas pelos brasileiros. “As rampas são mais altas e foram colocadas em distâncias diferentes da que costumamos usar no Brasil. Elas jogam as motos mais para o alto e a recepção é mais curta que o normal para nós, mas depois de duas voltas consegui me soltar, acertei alguns backflips e até gostei”, explicou.

O tri-campeão da Copa Brasil destacou, no entanto, que o ideal seria ter mais tempo de treino para usar as manobras que serão colocadas na volta. Hoje foram duas sessões de cinco minutos e amanhã, sábado (5) serão mais duas sessões com o mesmo tempo. “Minha ideia é usar uma volta para sentir melhor as rampas e na outra volta já colocar as manobras da volta que pretendo dar”, adiantou, acrescentando que “vou ter que fazer isso porque só teremos uma volta para dar na etapa classificatória”.

TENSÃO – O primeiro treino começou conturbado para os brasileiros. Joaninha, Marcelo Simões, Gian Bergamini e Tatá foram os últimos a andar por falta da licença internacional exigida Federação Internacional de Freestyle Motocross. Um problema burocrático na Confederação Brasileira de Motociclismo fez com que os pilotos esperassem aproximadamente três horas para entrar na pista. “Demorou bastante, achamos que não seríamos liberados. Isso causou muita tensão e perdemos um pouco da concentração”, avaliou.

Os treinos seguem neste sábado de manhã no estádio Castelão. Os portões serão abertos ao público às 16h.

Foto: Biro Curado/Divulgação.