Depois de 27 anos de carreira e 107 corridas na F-Truck Djalma Fogaça anuncia aposentadoria

13 de dezembro de 2009

O encerramento da temporada 2009 da Fórmula Truck em Brasília (DF), neste domingo (13/12), foi de muita festa no pódio. Felipe Giaffone (Volkswagen) comemorou o título de bicampeão da categoria ao terminar em quarto, Djalma Fogaça (Ford Racing Trucks) encerrou sua carreira de piloto ao chegar em terceiro, e Roberval Andrade (Scania) venceu a 10ª etapa seguido de Geraldo Piquet. “Estou muito feliz. Terminei minha carreira como o meu ídolo Ingo Hoffmann, subindo no pódio na última corrida. Sou grato por tudo o que o automobilismo e, principalmente, a Fórmula Truck me proporcionou como piloto”, comemorou o ‘Caipira Voador’, que completou sua 107ª corrida na categoria.

Em uma prova extremamente equilibrada e disputada, Roberval Andrade foi o grande nome após largar da 18ª posição, parar nos boxes para reparo durante a paralisação temporária obrigatória das disputas, e receber a bandeirada em primeiro, mesmo sofrendo forte assédio de Geraldo Piquet (Mercedes-Benz) nas últimas três voltas. Felipe Giaffone fez uma prova bem administrada, pensando apenas na pontuação necessária para conquistar seu segundo título.

Outro excelente desempenho foi do sorocabano Djalma Fogaça, que largou do 19º posto, caiu para 23º na largada e terminou na terceira colocação, subindo no pódio em sua última corrida como piloto da categoria. “Acho que parei na hora certa, ainda sou competitivo. Agora quero acompanhar de perto a carreira do Fabinho, meu filho (Campeão Brasileiro da Stock Jr.), e me dedicar à equipe, que tem condições de andar com três caminhões na frente”, declarou o piloto com 27 anos de experiência. A partir de 2010 ele atuará somente como chefe de equipe da DF Motorsport, time oficial da Ford na competição.

Em sua última temporada na Fórmula Truck o ‘Caipira Voador’ subiu quatro vezes no pódio, sendo que seus melhores resultados foram no Centro-Oeste, com o terceiro lugar em Goiânia, que repetiu neste último final de semana em Brasília. Após pontuar em sete das 10 provas ele encerrou o campeonato na oitava posição. “De certa maneira foi um campeonato proveitoso. Nosso Ford cargo evoluiu em relação ao ano passado, em muitas corridas participamos da superclassificação para brigar pela pole position, e nesta última corrida o caminhão esteve perfeito”, comentou Fogaça. “Trabalhando só na retaguarda, agora terei tranquilidade para implantar um novo sistema de trabalho para ir brigar por vitórias e títulos”, garante o titular da Ford Racing Trucks, campeão da categoria em 2004.

Foto:Orlei Silva/Divulgação.