Charlie Whiting elogia obras para a São Paulo Indy 300

4 de março de 2010

O Circuito Anhembi, palco da São Paulo Indy 300, primeira corrida de rua da Fórmula Indy na América Latina, recebeu na tarde desta quarta-feira (03/03) a visita de Charlie Whiting, delegado técnico da Federação Internacional de Automobilismo (FIA). O especialista esteve na pista criada na região do Sambódromo do Anhembi, zona norte da capital paulista, para ver de perto pela primeira vez as obras que estão em andamento.

O inglês foi acompanhado Tony Cotman, engenheiro neozelandês responsável pelo desenho da pista e que tem vistoriado as obras desde o início. Whiting se mostrou muito satisfeito com o andamento das obras para a prova de abertura da temporada 2010 da Fórmula Indy, que será realizada no próximo dia 14.

“Fiquei extremamente feliz com o que vi, com a qualidade do serviço que vem sendo executado, bem como com a qualidade do material utilizado, que é excelente. Estou muito otimista que as obras vão ser concluídas a tempo para a vistoria final”, afirmou.

Cotman, que é um especialista em traçados de competição e é responsável pelas pistas da Indy, também está contente com o curso das reformas e garante que o cronograma tem sido cumprido. “Todo o nosso trabalho vem sendo feito dentro da programação. Se continuarmos neste mesmo ritmo, a pista estará pronta para a inspeção final”, disse.

O coordenador da São Paulo Indy 300, Daruiz Paranhos, se mostrou entusiasmado com as declarações do delegado da FIA.”A evolução do projeto está indo muito bem, conforme o planejado. Nós escolhemos os melhores consultores, tanto da área técnica como administrativa, para que possamos oferecer ao público um grande evento esportivo”, comemorou.

Além de Whiting e Cotman, o presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), Cleyton Pinteiro, também esteve presente durante a vistoria, que durou cerca de duas horas e meia.

A São Paulo Indy 300 acontece dia 14 de março e terá transmissão ao vivo pelos canais Band e Bandsports, além das rádios Bandeirantes e BandNews FM.

Foto: João Vasconcelos / ReUnion Press