Roberval prevê corrida de dificuldades na abertura da temporada da Fórmula Truck

4 de março de 2010

Começa nesta sexta-feira (5) a movimentação em pista para a temporada 2010 do Campeonato Sul-Americano de Fórmula Truck. Os 25 pilotos da categoria vão à pista no início da tarde no Autódromo Nelson Luiz Barro, em Guaporé, para os treinos livres da primeira etapa. A corrida na Serra Gaúcha é primeira das 10 que compõem o calendário da Truck e será disputada domingo (7), com largada às 14h de Brasília e transmissão ao vivo da Rede Bandeirantes.

As características do seletivo traçado gaúcho de 3.080 metros submetem os pilotos a exercícios de previsão. “O asfalto de Guaporé é muito abrasivo, isso compromete a aderência dos pneus, principalmente dos caminhões mais pesados, como o meu”, opina o paulista Roberval Andrade, que vai disputar o título de 2010 pilotando o Scania número 100 da RVR Corinthians Motorsport. “Vai ser bem difícil alguém tirar essa corrida dos caminhões pequenos”, acredita.

A vantagem identificada por Andrade para os caminhões pequenos, que têm características técnicas diferenciadas apesar da equalização da relação peso-potência, seria em tese favorável aos modelos Volkswagen e Ford – em 2009, a vitória em Guaporé foi de Felipe Giaffone, da Volks. “A gente sabe que as coisas não vão ser fáceis nessa corrida. Falando com os pés no chão, eu trabalho por um lugar no pódio. Acho que é a nossa realidade para esta corrida”, diz.

Roberval Andrade venceu a etapa de Guaporé em 2002, ano em que foi o campeão brasileiro da categoria. Para o campeonato de 2010, seu caminhão será inscrito sob o número 100, alusão festiva ao centenário de fundação do Sport Club Corinthians Paulista, e as logomarcas de Scania, Knorr-Bremse, Banco Pan-Americano, Frum, Guerra, Superpar, Mann Filter, Ibero Eixos, KS Pistões, Nino Faróis, Fix Implementos, Truckvan, Tanesfil e Yamaha.

Foto: Alex Watanabe/Divulgação.