F-Indy Lights: Excesso de bandeiras amarelas atrapalham Rodrigo Barbosa

11 de abril de 2010

A Fórmula Indy Lights, categoria de acesso à Fórmula Indy, teve o treino de classificação para a segunda etapa do torneio tomado por bandeiras amarelas, causadas por escapadas e saídas de pista dos pilotos participantes, na manhã deste sábado (10/04), na cidade de Birmingham, no Alabama (EUA).

E o excesso de trechos sob alerta prejudicaram os trabalhos do único brasileiro da categoria, Rodrigo Barbosa, piloto da região de Sorocaba, São Paulo. “Vinha fazendo um bom treino. Estava com voltas consistentes e cheguei a fazer o décimo tempo, mas por causa da bandeira amarela, não valeu. Depois, quando voltei à pista, peguei muito tráfego e não consegui refazer esse tempo. Toda volta tinha algum carro fora da pista e trechos sob bandeira amarela”, comentou Barbosa.

Para a corrida, que acontece neste domingo (11/04) com largada prevista para as 14h (horário de Brasília), Rodrigo está animado mesmo com o desempenho aquém do esperado. O motivo é o acerto do seu equipamento “Desde ontem, depois dos treinos livres, trabalhamos no acerto do carro e agora achamos o set up ideal para essa pista. O carro ficou ‘redondo’ nesse treino. Creio que mesmo largando um pouco mais atrás, vamos conseguir ganhar posições e terminar com bons pontos novamente”, salientou Rodrigo, que compete pela equipe PDM Racing.

O circuito misto do Barber Motorsports Park, com 3.800 metros, é um dos mais técnicos da temporada, com muitas subidas e descidas e curvas seletivas. Rodrigo irá largar na sétima fila, na 15ª posição, mas evoca a concentração para evitar confusões na largada. “Temos vários pilotos na pista e largar no meio do pelotão é sempre complicado. Mas a pista aqui é mais larga do que em St. Petersburg, que é um circuito de rua, mais estreito, e onde tiveram vários toques na largada. É só ter concentração para evitar essas batidas que sairemos daqui com um bom resultado”, disse o brasileiro, que terminou a primeira prova na nona posição.

Foto: Ron McQueeney/Divulgação.