Rafael Daniel e Ricardo Zonta garantem bom resultado na abertura do mundial FIA GT1 em Abu Dhabi

18 de abril de 2010

O resultado conquistado pelos brasileiros Rafael Daniel e Ricardo Zonta na etapa de abertura do mundial de FIA GT1, disputada neste sábado (17), em Abu Dhabi, era improvável diante da posição de largada para a primeira prova do fim de semana (que define o grid para a corrida principal): estavam apenas em 22º. Mas os dois foram tão bem que terminaram em quinto lugar, a melhor posição entre as quatro duplas que correram com o Lamborghini Murciélago 670 R-S. A vitória ficou com Thomas Mutsch e Romain Grosjean, pilotando um Ford GT Matech.

“Eu fiz a largada da corrida de classificação. Partimos do 22º lugar porque um acidente interrompeu a classificação sem que o (Ricardo) Zonta conseguisse dar uma volta rápida com pneus novos. Foi uma largada ‘animal’. Na primeira volta eu já estava em décimo e entreguei o carro para o (Ricardo) Zonta em oitavo. Mas a equipe se atrapalhou no pit stop, perdemos tempo, caímos para 13º e ele ainda recebeu a bandeira quadriculada em décimo”, contou Rafael Daniel. A posição de chegada seria a mesma de largada para a prova principal – e sair entre os dez primeiros mudou tudo.

“O (Ricado) Zonta completou a primeira volta em terceiro, depois caiu para quarto e me entregou o carro. Dessa vez nosso pit stop foi bom, mas ainda perdemos seis segundos em relação aos líderes. Imprimi um ritmo forte e conseguimos terminar em quinto. Foi a nossa primeira corrida e a primeira corrida da nossa equipe. Fomos a melhor dupla de Lamborghini neste fim de semana. Foi uma injustiça largarmos em 22º, mas de certa forma foi melhor assim, porque nosso trabalho apareceu bastante”, comemorou Rafael Daniel.

Diante do bom desempenho, o time convidou a dupla também para a próxima etapa, que será disputada em Silverstone, na Inglaterra, mas a data é conflitante com a participação de ambos na Copa Caixa Stock Car e Copa Chevrolet Montana – será realizada no dia 2 de maio, quando estarão correndo no Velopark, nas proximidades de Porto Alegre (RS). O resultado comprova a boa fase de Rafael Daniel, que é também o líder do Itaipava GT Brasil, na categoria Itaipava GTBR3, onde compete com Claudio Dahruj com um Lamborghini Gallardo LP560.

O próximo compromisso do piloto é exatamente a segunda rodada dupla do Itaipava GT Brasil, marcada para os dias 24 e 25 de abril, em Curitiba (PR). Antes de deixar Abu Dhabi, Rafael Daniel aproveitou para elogiar o companheiro de equipe, Ricardo Zonta. “Ele é muito reconhecido aqui fora. Conhece todo mundo, foi uma referência fantástica porque desde o início foi mais rápido até que o piloto de testes da Lamborghini. Ele se adaptou com muita facilidade ao carro”, revelou Rafael Daniel. O outro brasileiro, Enrique Bernoldi, ficou em sexto, pilotando um Maserati MC12 com Miguel Ramos.

O mundial FIA GT tem etapa marcada para o Brasil, no dia 28 de novembro, no circuito de Interlagos, em São Paulo (SP).
O RESULTADO FINAL EM ABU DHABI
1) Thomas Mutsch/Romain Grosjean – Ford GT Matech
2) Andreas Züber/Marc Hennerici – Corvette C6
3) Mike Hezemans/Andrea Piccini – Corvette C6-R
4) Andrea Bertolini/Michael Bartels – Maserati MC12
5) Ricardo Zonta/Rafael Daniel – Lamborghini Murciélago 670 R-S
6) Enrique Bernoldi/Miguel Ramos – Maserati MC12

Foto:FIA GT1/Divulgação.