Derani/Ricci e Serrinha/Longo vencem terceira e quarta etapas da GT Brasil em Pinhais

26 de abril de 2010

Curioso que duas corridas tão movimentadas não tenham alterado a classificação do campeonato do Itaipava GT Brasil. Claudio Dahruj e Rafael Daniel saíram do Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR), exatamente como chegaram: na liderança, à frente da dupla Matheus Stumpf e Valdeno Brito. “No final, foi muito bom para nós”, disse Claudio Dahruj, que teve um terceiro lugar na quarta etapa – a segunda corrida do fim de semana – como melhor resultado. A prova, que teve boa parte realizada com pista molhada, foi vencida por Daniel Serra e Chico Longo (foto). Superando um drama.

A dupla não largou na primeira corrida em função de um problema na suspensão e precisou trabalhar rápido para alinhar na segunda. Aí, o que fez a diferença foi a estratégia diante da mudança nas condições climáticas. “Foi uma corrida complicada por causa da chuva na parte final. Mas o trabalho de pit stop foi fundamental para me dar tranquilidade. Estou muito satisfeito com esta vitória”, comemorou Daniel Serra. “Não posso deixar de elogiar o trabalho da equipe. Eles foram muito rápidos na troca de pneu”, elogiou o parceiro dele, Chico Longo.

Eles lideraram um grupo de três Lamborghini Gallardo LP560: Bruno Garfinkel e Ricardo Maurício terminaram em segundo e, logo atrás, apareceram Claudio Dahruj e Rafael Daniel. “Fiquei feliz com o resultado, foi excelente largar em 11º e terminar em segundo num fim de semana de tantas mudanças nas condições de pista”, analisou Bruno Garfinkel. “Para nós, foi um fim de semana positivo, porque estava claro que não tínhamos o carro mais rápido e ainda estávamos com o peso extra em função do equilíbrio de desempenho”, destacou Rafael Daniel.

Enquanto a pista esteve seca, o domínio foi das duplas do Ford GT, Matheus Stumpf e Valdeno Brito (foto), que seguem com o segundo lugar no campeonato depois de chegar em quarto, e Lico Kaesemodel e Aluízio Coelho, que ficaram em quinto. Ambas chegaram a liderar a corrida. Mesmo com o carro danificado em função de um toque no muro no momento em que começava a chover, Pedro Queirolo levou o Dodge Viper Competition Coupe até a sexta colocação, completando um fim de semana de saldo tão positivo que o levou para quarto no campeonato.

Na primeira corrida, pela manhã, ele já havia conquistado um terceiro lugar, superando por 0s001 o Lamborghini Gallardo LP560 de Claudio Dahruj e Rafael Daniel. “Nós estamos muito felizes, eu e a equipe, porque o carro é rápido, mas estamos correndo com pneus mais duro e os outros estão com os mais macios, o que dá uma diferença grande. Largamos mais para o meio do grid, mas fui fazendo uma corrida com calma, bem constante e ganhando posições. Ficou claro que o mais importante é acreditar”, disse Pedro Queirolo.

Logo à frente dele, chegaram Allam Khodair e Marcelo Hahn (foto). “Nós tivemos um fim de semana difícil com as limitações do carro em Curitiba, estávamos tomando muito de reta, mas o segundo lugar foi importante pensando no campeonato. No ano passado nós fomos vice-campeões, agora queremos o título”, disse Marcelo Hahn. Na frente, conquistando uma vitória que parecia improvável, os atuais campeões do Itaipava GT Brasil, Claudio Ricci e Rafael Derani, de Ferrari. “Como o Rafael (Derani) disse, essa pista é abençoada para nós”, comentou Claudio Ricci.

O circuito é o mesmo onde eles conquistaram o título por antecipação em 2009. “Vencer em condições normais seria difícil”, destacou o piloto gaúcho, que sentiu melhora no carro, mas afirma ainda estar distante de Ford GT e Lamborghini Gallardo LP560. A vitória nesta prova, aliás, estava nas mãos de um Ford GT, de Aluízio Coelho e Lico Kaesemodel, mas os dois foram punidos por deixar os boxes fora da janela permitida para o pit stop obrigatório quando lideravam. Os companheiros de equipe deles, Valdeno Brito e Matheus Stumpf, terminaram em quinto. Em sexto, Bruno Garfinkel e Ricardo Maurício.

A próxima rodada dupla do Itaipava GT Brasil, com as etapas cinco e seis, será realizada no dia 16 de maio no Autódromo de Interlagos – José Carlos Pace, em São Paulo (SP).

CLASSIFICAÇÃO EXTRA OFICIAL DO CAMPEONATO
1 Claudio Dahruj/Rafael Daniel, Lamborghini, 68 pontos
2 Matheus Stumpf/Valdeno Brito, Ford, 45
3 Bruno Garfinkel/Ricardo Maurício, Lamborghini, 42
4 Pedro Queirolo, Dodge Viper, 37
5 Marcelo Hahn/Allam Khodair, Lamborghini, 36
6 Julio Campos, Ferrari, 33
7 Rafael Derani/Claudio Ricci, Ferrari, 31
8 João Adibe/Chico Serra, Lamborghini, 30
9 Daniel Serra/Chico Longo, Lamborghini, 29
10 Lico Kaesemodel, Ford GT, 28
11 Walter Derani/Antonio Pizzonia, Ferrari, 24
12 Andreas Mattheis/Xandy Negrão, Ford, 22
13 Beto Monteiro, Porsche, 21
14 Aluizio Coelho, Ford GT 17
15 Vanue Faria, Lamborghini, 16
16 Thiago Viana/Marcos Gomes, Ferrari, 14
17 Cleber Faria, Lamborghini, 14
18 Linneu Linardi, Ferrari, 12
19 Leo Burti, Ford, 11
20 Eduardo Souza Ramos/Leandro Almeida, Ford, 10
21 Roberto Posses/Betinho Gresse, Porsche, 7
22 Fernando Poeta/Fabio Carreira, Ferrari, 5
23 Marcello Sant’Anna/Leonardo Vital, Dodge Viper, 3

Fotos:Fernanda Freixosa/Luca Bassani/Divulgação.