Luciano Burti fecha o dia entre os cinco primeiro na Stock

30 de abril de 2010

Os treinos livres desta sexta-feira (30) no Velopark, em Nova Santa Rita (RS), comprovaram a evolução dos carros. Luciano Burti registrou o quinto melhor tempo do dia, com 51s970. “Quanto mais tempo passa, mais vou me entrosando com a equipe, a comunicação vai melhorando. Foi o primeiro fim de semana que conseguimos trabalhar direito nesses treinos de sexta-feira. Mudanças foram feitas, algumas até agressivas, eu diria, e está dando resultado”, disse Luciano Burti. O mais veloz foi Valdeno Brito, com 51s727.

“Fiquei bem satisfeito com o carro, mas não está perfeito, dá para melhorar”, contou o piloto, que fará novas experiências na última sessão de treinos livres, marcada para 08h05 deste sabado (1). “Vamos fazer outros testes, nós temos uma boa base, mas vale tentar uma coisa nova”, acrescentou Luciano Burti. No segundo dia de atividades, a pista do autódromo do Velopark mostrou a melhora esperada em termos de aderência, mas o piloto da Itaipava Racing Team destaca um outro ponto. “A aderência melhorou bastante, mas fora do traçado a pista está muito suja”, revelou.

“Aqui é complicado, não pode escorregar. A grama ainda não está como deveria, então os carros que saem da pista trazem muita sujeira”, contou Luciano Burti. O companheiro de equipe dele, David Muffato, aproveitou as duas sessões para tirar o atraso, por assim dizer. Ele praticamente não pôde aproveitar os treinos extras de quinta-feira (29) em função de um mal estar. “Foi bom, a evolução foi boa. Para mim, faltou andar um pouco mais, porque ontem não estava bem de saúde e hoje tive um problema de freio na parte final dos treinos”, disse David Muffato.

“Temos algumas coisas para melhorar, mas foi legal, principalmente porque pessoalmente eu melhorei bastante. Gostaria de ter baixado o tempo um pouco mais antes de colocar os pneus novos, que é o que vamos fazer amanhã, mas de uma forma geral foi bom”, revelou David Muffato. Agora, fica a expectativa para o treino classificatório. “É uma pista muito curta, vai ser difícil encontrar uma volta limpa. Os pneus estão chegando no ponto ideal na terceira, quarta ou até quinta volta. Se perder uma delas, já era. A tomada de tempo aqui vai ser uma loteria”.

O treino que define o grid de largada para a terceira etapa da temporada da Stock Car está marcado para domingo (2) às 11h05.

Os tempos no Velopark
1 Valdeno Brito (Chevrolet) 51s727
2 Marcos Gomes (Peugeot) 51s954
3 Max Wilson (Chevrolet) 51s957
4 Átila Abreu (Chevrolet) 51s961
5 Luciano Burti (Peugeot) 51s970
6 Ricardo Mauricio (Chevrolet) 52s046
7 Nonô Figueiredo (Chevrolet) 52s120
8 Allam Khodair (Peugeot) 52s259
9 Popó Bueno (Chevrolet) 52s261
10 Ricardo Zonta (Peugeot) 52s320
11 Diego Nunes (Peugeot) 52s327
12 Antonio Pizzonia (Chevrolet) 52s353
13 Tarso Marques (Chevrolet) 52s354
14 Felipe Maluhy (Chevrolet) 52s405
15 Daniel Serra (Peugeot) 52s409
16 Julio Campos (Peugeot) 52s452
17 Alan Hellmeister (Peugeot) 52s466
18 Cláudio Ricci (Peugeot) 52s491
19 Cacá Bueno (Peugeot) 52s493
20 Lico Kaesemodel (Peugeot) 52s510
21 Alceu Feldman (Peugeot) 52s525
22 Xandinho Negrão (Chevrolet) 52s548
23 Christian Fittipaldi (Chevrolet) 52s570
24 Thiago Camilo (Chevrolet) 52s572
25 Duda Pamplona (Chevrolet) 52s588
26 David Muffato (Peugeot) 52s620
27 Constantino Jr. (Peugeot) 52s667
28 Pedro Gomes (Chevrolet) 52s670
29 Betinho Gresse (Chevrolet) 52s681
30 Gustavo Sondermann (Chevrolet) 52s772
31 Antonio Jorge Neto (Peugeot) 52s807
32 Giuliano Losacco (Peugeot) 52s853
33 William Starostik (Chevrolet) 53s123
34 Thiago Marques (Peugeot) 53s966