Coluna Velocidade Cearense: União pelo esporte motor

9 de maio de 2010

Olá, amigos do Carros e Corridas!

Esta coluna vou dedicar ao automobilismo cearense que terá ainda esse mês a abertura oficial da temporada de 2010, no dia 23. Neste domingo quatro categorias do esporte motor alencarino iniciarão seus campeonatos com mais de 70 pilotos em disputa. O público que for ao autódromo Virgílio Távora, na Região Metropolitana de Fortaleza, terá um bom cardápio de atrações. Super Turismo, Fórmula V1. 8, Marcas e CTM se juntaram para baixar custos e atrair um público maior para prestigiar as corridas.

A união das categorias há muito foi defendida por este colunista. Além de diminuir o custo pelo aluguel do autódromo e outros insumos, ganha o público que poderá acompanhar diversas corridas em um só dia. Não faltarão atrativos, pois além das disputas nas pistas existem inúmeras atividades ligadas às disputas, como, por exemplo, a exposição de carros antigos e exibição de manobras radicais nos intervalos entre as provas.

Se faltava esse “empurrão” para o cearense voltar ao autódromo, agora não há mais desculpa. Com um pouco mais de divulgação será possível ver as arquibancadas e os HCs bem mais movimentados e animados.

Tomara!

Começaram os treinos.

No último sábado (8), carros das categorias Marcas (categoria 1.6 Injetado e 1.6 Carburado), Super Turismo e Fórmula V.18 quebraram o silêncio no autódromo do Eusébio. Nem mesmo o forte calor desanimou os que aproveitaram o dia para experimentar o equipamento.

Em busca do título.
Mesmo sem ter levado seu gol número 69, o piloto Alexandre Gualberto acompanhou o trabalho de seus colegas e disse estar motivado e que vai lutar pelo título de Marcas (1.6 Injetado). Aos 42 anos, Gualberto se prepara para a sua terceira temporada. Ano passado ficou com o vice-campeonato na 1.6 e sagrou-se campeão Norte/Nordeste. Gualberto terá o patrocínio dos refrescos Frisco.

Vou de Celta 1
O piloto Kaio Freire, herdeiro nas pistas do ex-piloto Célio Freire, é responsável por uma novidade que deve despertar a curiosidade de muitos. Ele será o primeiro a competir em Marcas com um modelo Celta no Norte/Nordeste. Para Kaio, que competia em um Voyage, o Celta deve proporcionar maior estabilidade e disputar de igual para igual com Gol e Corsa.

Vou de Celta 2
O carro só estará pronto para a abertura da temporada e ele espera pelo menos terminar a prova na zona de pontuação. Terminar a primeira corrida é a meta, já que será importante marcar pontos para o final do campeonato. O Celta é mais leve e tem melhor perfil aerodinâmico e bem mais novo que os antigos Voyage. Com motor 1.6 deve render bem na pista. É esperar para conferir o desempenho do carro 34.

Andar na frente
É esse o pensamento do piloto João Quevedo Filho que vai para mais uma temporada nos CTM. Mesmo sem treinar, Quevedo acredita poder competir em melhores condições que ano passado quando foi vítima do equipamento. Em 2009 a CTM estava se reorganizando e inúmeras quebras aconteceram. Hoje os carros estão mais revisados e os problemas ocorridos anteriormente serviram para aumentar a acuidade do trabalho dos mecânicos.

Meu pai pai 1
Afrânio Pio vai ter de se desdobrar nesta temporada. Além de comandar o programa O Mundo Motor (Canal 5 – TV Ceará) e o site omundomotor.com.br, confirmou presença no campeonato de Marcas. Vai pilotar o Voyage  número 91, com injeção eletrônica. Outra tarefa de Afrânio será a de dar atenção ao seu filho Amilcar Pio, seu companheiro de equipe.

Meu pai pai 2
Amilcar mostrou animação e muita vontade de andar na pista, no treino coletivo. Egresso do Kart, onde disputou duas temporadas, vai ter de ralar muito para dominar o carro de número dois, um Voyage 1.6 carburado, mas terá no pai sua maior referência para desvendar os segredos das curvas do Eusébio. Amilcar vai contar com patrocínio forte da revenda Ceará Motor.

Sotaque alemão
Quem volta a competir no automobilismo cearense é o piloto alemão Karl Michael, que já competiu pela Super Turismo. A bordo de um Corsa, Michael mostrou-se confiante para disputar o campeonato de Marcas. O piloto pretende usar a experiência vivida na Super Turismo para fazer boas corridas.

Retorno do campeão
Quem retorna à Fórmula V1.8 é o piloto André Pontes. Campeão da categoria em 2008 André vai usar o número 33. Nos treinos de sábado mostrou boa adaptação ao carro andando em forte ritmo mostrando que não perdeu a competitividade. Experiência é o que não falta ao piloto que já disputou corridas pela CTM 2000, Super Turismo, Pick Up Racing e Rally. Um aviso ele já deu aos adversários: vai lutar pelo título.

Reabastecimento 1
Quem for prestigiar a Fórmula V 1.8 vai ter um motivo a mais para acompanhar as corridas deste ano. Além de ser uma das mais equilibradas categorias do automobilismo cearense, Alexandre Roncy, projetista e criador da fórmula, apresentou a maior novidade do campeonato. Agora as corridas vão durar 25 voltas e será adotado reabastecimento obrigatório. Será aberta uma “janela” entre as voltas 13 e 15 para os carros entrarem nos boxes e completarem o tanque.

Reabastecimento 2
Cada equipe terá um responsável pelo reabastecimento que será feito com a utilização de um depósito padrão (foto), confeccionado em polímero plástico com capacidade para 20 litros, sendo que a cota para reabastecer será de 15 litros. A adoção da nova medida vai proporcionar mais disputas dentro da pista, já que todos os carros serão obrigados a reabastecer.

Nova carenagem
Outra no novidade apresentada por Alexandre foi a nova carenagem lateral, o que deixou mais harmonioso o desenho dos carros. Com 28 pilotos disputando os campeonatos nas categorias Fórmula V 1.8 e Fórmula V 1.8 Máster, o projetista lembra que as equipes podem optar por usarem a nova carenagem ou as outras duas anteriores.

Super Turismo 1
A Super Turismo também apresentará novidades para este ano dentro e fora das pistas. Na parte administrativa tomou posse uma nova diretoria composta por veteranos. Maurílio Reis é o presidente, Ênio Santos o vice, Raul Fontenele na direção financeira, Mano Rola e Pedro Virgínio na direção técnica. Maurílio lembrou que a meta é reduzir custos e que para isso a Associação de Pilotos de Turismo, que mantém a categoria, reduziu pela metade o galpão que ocupa, reduzindo também o valor do aluguel.

Super Turismo 2
Novas equipes são formadas para a disputa na ST. VD Racing é uma dessas novas equipes. Ela será formada pelos pilotos Rodrigo Ventura e Marco Donizete. Outra equipe virá de Mossoró e será formada por Renato Silveira, Vander e Milton Guimarães. Além disso este ano será marcado pela volta do veterano Beto Pontes e da confirmação dos pilotos Franco Mendonça e Duda Brígido que disputaram algumas provas ano passado.

Até a próxima e continuem acompanhando as novidades sobre o automobilismo cearense no Carros e Corridas.

Texto e Fotos:Robério Lessa