Líderes da GT Brasil lembram momentos dos 70 anos de história do Autódromo de Interlagos

14 de maio de 2010

As comemorações dos 70 anos do Autódromo de Interlagos – José Carlos Pace continuam neste fim de semana com a realização da terceira etapa da GT Brasil. Será o primeiro evento no circuito após a passagem pela data histórica, celebrada na última quarta-feira (12). Um momento festejado por todos os envolvidos no automobilismo por se tratar da pista mais importante do Brasil. “Esse é sem dúvida o melhor circuito do País, porque está sempre recebendo melhorias e todos os pilotos gostam de andar aqui”, comenta Rafael Daniel, que ocupa a liderança do campeonato no Itaipava GT Brasil em parceria com Claudio Dahruj.

“É o autódromo com a melhor estrutura do Brasil, o que está sempre em melhores condições, até por receber a Fórmula 1. Quando corremos aqui encontramos uma pista com tudo muito bem feito, mesmo 70 anos depois da inauguração”, afirma Valdeno Brito, que ocupa a vice-liderança na tabela de classificação, correndo ao lado de Matheus Stumpf. Os lideres do campeonato têm histórias para contar tanto dentro quanto fora da pista no Autódromo de Interlagos. O momento mais marcante para Rafael Daniel foi a decisão do Mundial de Fórmula 1 de 2008, entre Felipe Massa e Lewis Hamilton. “Por pouco, não tivemos um brasileiro campeão correndo em casa”, lembra Rafael Daniel.

Valdeno Brito revela que a principal lembrança que tem do circuito é exatamente da primeira vez em que esteve nele, em 1991. “Para mim, o que fica é aquela vitória do Ayrton Senna, a primeira dele no Brasil. Eu ainda não corria, mas estava na arquibancada e só aquilo já era uma realização, assistir uma corrida em Interlagos. Eu nunca imaginei que correria tantas vezes nesse circuito, então cada vez que venho aqui é motivo de muito orgulho”, destaca o piloto paraibano. Neste fim de semana, a pista receberá duas corridas do Itaipava GT Brasil. A primeira será no sábado (15) às 15h50 e a segunda está marcada para domingo (16) às 13h00 com transmissão ao vivo pela RedeTV!

Os treinos livres começam nesta sexta-feira (14) e devem trazer respostas em relação ao equilíbrio de desempenho promovido na categoria: para esta etapa, houve redução de potência por meio de restritores nos modelos Ford GT 40 e Lamborghini Gallardo LP560. “Não acho que o nosso carro precisava passar por essa restrição, é o Lambo que está superior aos demais, mas eu aposto muito na minha equipe e também no meu parceiro. Acredito que podemos tirar a diferença e o nosso objetivo é disputar a vitória”, afirma Valdeno Brito. Rafael Daniel, que compete com um Lamborghini Gallardo LP560, terá pela frente não só a redução de potência, mas tambem peso extra em Interlagos.

“Para as duas corridas deste fim de semana, nós vamos com a cabeça de tentar manter a liderança, porque estamos com o acréscimo de 50 quilos no carro (pelo desempenho superior nas duas primeiras etapas), que atrapalha bastante. Mas a ideia é conseguir andar perto dos líderes e tentar surpreender, porque aqui a nossa dupla é forte, meus tempos de volta são parecidos com os do Claudio (Dahruj) e isso é fundamental na categoria”, analisa Rafael Daniel. Com as mudanças nos carros, a promessa é o aumento da competitividade do campeonato, o que deve render duas boas corridas no fim de semana. Um belo presente para o aniversariante Autódromo de Interlagos.

Foto: Fernanda Freixosa