Stock Car e Copa Montana podem correr na chuva no Rio

21 de maio de 2010

Pela primeira vez nesta temporada, as Copas Caixa Stock Car e Chevrolet Montana podem disputar uma corrida com chuva. A instabilidade do tempo trouxe uma grande quantidade de água para a Região Sudeste do Brasil, que deve permanecer até o início da próxima semana.

De acordo com o instituto CPTEC/INPE, os próximos quatro dias serão de nebulosidade e chuva a qualquer hora do dia, com a probabilidade de precipitação variando entre 70 e 90% neste período. As temperaturas, por outro lado, vão oscilar entre 16º e 27°C.

“Faz tempo que não temos uma corrida com chuva. E no caso da Copa Montana, não sabemos como é o comportamento do carro em piso molhado. E isso, certamente, trará uma grande imprevisibilidade em termos de resultado e favoritos. Se chover o que está prometendo, praticamente todos têm chances de ganhar”, afirmou Cadu Pasetti (Xandô), da Gramacho Costa.

Favoritismo, inclusive, é uma palavra que não existe no dicionário da categoria. Em duas corridas disputadas, foram dois vencedores diferentes e diversos nomes dividindo a primeira posição nas tabelas de tempo e classificação. Cadu foi um deles: “Quem disser que é favorito está mentindo. No Velopark, por exemplo, tinha um carro ótimo, liderei os treinos livres, mas tive problemas na classificação e isso se refletiu na corrida.”

“Tivemos um vencedor em cada etapa e provavelmente teremos um outro vencedor em Jacarepaguá. Espero ter mais sorte desta vez”, completou o paulista, que ocupa a sétima posição no campeonato, com 16 pontos.

Fotos:Rafael Gagliano/José Mário Dias/MS2/Divulgação.