Nascar: Miguel Paludo supera corrida mais desgastante de sua carreira em Iowa

24 de maio de 2010

A prova mais desgastante de sua carreira. Foi assim que Miguel Paludo, da equipe NBC Bank, definiu a sua participação na etapa deste domingo da K&N Pro Series, divisão de acesso da Nascar, a milionária Stock Car norte-americana. Em uma prova que teve duração superior a duas horas e meia, o gaúcho cumpriu o objetivo de completar a prova na mesma volta do líder, após 200 voltas no circuito oval de Iowa.

O bicampeão da Porsche Cup brasileira cruzou a linha de chegada na 19ª colocação dos 44 carros que participaram da prova – ao todo, foram 49 inscritos no final de semana, sendo alguns eliminados após o treino classificatório disputado hoje pela manhã.

“Foi uma corrida longa e difícil, provavelmente a mais desgastante de minha carreira. Sabia que seria uma prova exigente aqui em Iowa, com 44 carros na pista e tendo que manter um ritmo forte para ficar na mesma volta do líder ao longo das 200 passagens”, diz o gaúcho, que hoje pela primeira vez disputou uma etapa da Nascar com estratégia de parada de box.

“Na primeira parada, efetuada após uma bandeira amarela, optamos por fazer apenas o reabastecimento. Depois, faltando 80 voltas para o final, houve outra amarela, e aí sim trocamos os pneus. Achei que seria uma boa vantagem para atacar na parte final da corrida, mas infelizmente o carro não apresentou um bom rendimento após a parada, saindo muito de frente”, explicou Paludo.

O jovem brasileiro, de 26 anos, estava otimista para a corrida deste domingo, especialmente após o bom treino classificatório, quando conseguiu o 13º lugar no grid entre os 49 carros que disputaram a sessão – neste final de semana, em Iowa, as duas divisões da K&N Pro Series (East e West) correram juntas.

“Com a performance que apresentamos nos treinos, daria até para pensar em conseguir um top-10 na geral, algo bem representativo com o grid completo das duas categorias, de quase 50 carros. Mas ainda não sabemos o porquê do carro sair de frente na corrida”, diz o piloto da equipe NBC Bank.

“De qualquer forma, estou satisfeito em ter atingido nosso objetivo inicial, completar mais uma vez a prova sem nenhum incidente e aprendendo bastante. Hoje, por exemplo, houve várias situações típicas de uma corrida super disputada em um oval, com três carros fazendo curvas juntos, alinhados. Este é exatamente o tipo de experiência que quero acumular aqui nas divisões de base para seguir progredindo rumo à categoria principal da Nascar”, completou Paludo.

A próxima etapa da K&N Pro Series será no dia 6 de junho, em Martinsville.

Foto:Patricia Souza/RF1/Divulgação.