Gabriel Dias mostra a sua força no Masters de F3

6 de junho de 2010

Chuva, problema no treino classificatório, circuito desconhecido e marca nova de pneus em seu carro. Nem mesmo esta série de dificuldades foi capaz de deter o piloto Gabriel Dias neste domingo (06/06), em Zandvoort, na Holanda. Pelo desempenho apresentado no Campeonato Britânico de Fórmula 3, o brasileiro foi convidado por sua equipe – Hitech – para participar do Masters de F3 e não decepcionou: largou na 17ª colocação, ganhou 11 posições e fechou a prova em sexto.

Na abertura da programação, neste sábado (05/06), Gabriel Dias realizou os quatro treinos – dois livres e dois classificatórios. Na última tomada de tempo, quando os pilotos passam pneus novos e viram as melhores voltas, uma bandeira vermelha atrapalhou a volta rápida do brasileiro. Com este problema, o piloto curitibano acabou ficando com a 17ª colocação do grid.

“Para não pegar tráfego, optamos por sair com os pneus novos mais para o final do treino. Pelas primeiras parciais da volta rápida, estávamos em sexto, mas uma bandeira vermelha a cerca de 20 segundos do fim da volta acabou me atrapalhando”, comentou o brasileiro.

Além de sair na parte de trás do grid, Gabriel também teve que enfrentar a chuva neste domingo. Com asfalto molhado, a largada aconteceu com safety car. Confiando em sua competência, o brasileiro, que andou em Zandvoort pela primeira vez em sua carreira, optou por não parar nos boxes para trocar os pneus e, mesmo com slick, conseguiu ganhar 11 posições e fechar a sua inédita participação no Masters de F3 em sexto.

“Largamos com safety car e, pouco depois, consegui ganhar algumas posições. A maioria começou com pneu slick e muitos optaram por parar para trocar. Quando começou a chover forte, a equipe me chamou para colocar pneus de chuva, mas optei por continuar. Consegui me manter na pista e controlar o carro. No final, foi só administrar”, continuou Gabriel, que foi o segundo melhor entre aqueles que disputam o Campeonato Britânico de Fórmula 3.

“Por todas as dificuldades, foi um ótimo resultado. A pista de Zandvoort é muito difícil e o bom resultado nos traz confiança para buscar a vitória no ano que vem. Agora é descansar um pouco no Brasil, relaxar e tomar fôlego para a sequência da temporada”, completou o piloto.

Confira a relação dos melhores do Masters de F3:
1) Valtteri Bottas (FIN)
2) Alexander Sims (GBR)
3) Marco Wittman (GER)
4) Jean-Eric Vergne (FRA)
5) Edoardo Mortara (ITA)
6) Gabriel Dias (BRA)
7) Lucas Foresti (BRA)
8) Wayne Boyd (GBR)
9) Hywell Lloyd (GBR)