Fortes emoções marcam corrida de Marcas no Eusébio

7 de junho de 2010

Um domingo de fortes emoções e muita velocidade. Foi assim a abertura do Campeonato Cearense de Marcas, realizado na terde do último domingo (6), no autódromo Virgílio Távora (Eusébio-CE).

As atenções estavam voltadas para Amílcar Pio, da equipe Ceará Motor Racing Team.  Aos 16 anos de idade Amílcar se tornou o piloto mais jovem do Norte e Nordeste a disputar a competição. Animado pela estréia, ele esperava manter o ritmo dos demais competidores e levar seu Voyage 91 ao final da corrida.

Traído pelo equipamento, com a quebra da Caixa de Marcha, Amílcar viu sua primeira corrida no autódromo do Eusébio parar na Curva do Desespero. “Eu esperava completar a prova nessa minha primeira corrida, mas infelizmente, a quebra do câmbio me surpreendeu negativamente”, lamentou o piloto que recebeu um convite para participar da próxima etapa da Superturismo.

A corrida de Marcas foi marcada por um acidente envolvendo os pilotos Alexandre Gualberto e Eduardo Pinheiro.  Alexandre estava na liderança, posição que conquistara desde o início da corrida, e sofria o assédio de Eduardo. Após várias tentativas Pinheiro conseguiu encostar no adversário e antes da freada párea a Curva do Desespero os dois se tocaram. O prejuízo maior ficou com Eduardo, que rodou perigosamente na pista.

Quem se deu bem com a confusão foi o atual campeão da categoria, Ângelo Lavor, da equipe Ceará Motor, que herdou a primeira colocação. Aí foi sé administrar as últimas voltas e subir no lugar mais alto do pódio, seguido por Thiago Barbosa e Paulo Fernandes, também da Ceará Motor.

Fotos:Robério Lessa