Williams quer o KERS obrigatório em 2011

10 de junho de 2010

De acordo com Frank Williams, o KERS deve apenas retornar ao grid da Fórmula 1 no próximo ano caso seja obrigatório. A Williams tem sua própria empresa de tecnologia híbrida, cuja unidade produzida foi equipada por um Porsche 911 GT3 R nas recentes 24 horas de Nurburgring.

O presidente da FIA, Jean Todt, está forçando a Associação das Equipes de Fórmula 1 (FOTA) para desistir da sua proibição imposta ao KERS.

“Sou um grande apoiador do uso do KERS.”, disse Williams à publicação holandesa ‘formule1.nl’. “A indústria automotiva está trabalhando para reduzir a emissão de CO2, e por este motivo a Fórmula 1 precisa aderir a tecnologia. Mas deveria ser obrigatório – ou todos nós usamos, ou não usamos.”

Interessantemente, Frank sugeriu que se a Williams usar o KERS no próximo ano, não seria o sistema produzido pela Williams Hybrid Power.

“Nosso sistema funciona bem e está sendo usado pela Porsche em corridas de longa distância.”, confirmou. “Mas é maior do que os sistemas elétricos. Como agora corremos com tanques de combustíveis maiores, não cabe mais em um carro de Fórmula 1. Isto tornaria nosso carro um ônibus londrino de dois andares!”

Fonte: F1Mania. net – redacao@f1mania.net