Bruno Senna admite corrida "frustrante" em Valência

28 de junho de 2010

Mesmo alcançando a meta de levar o carro até a bandeirada, Bruno Senna reconheceu uma ponta de decepção com o resultado do Grande Prêmio da Europa. “Foi um pouco frustrante, sim. Tínhamos uma boa estratégia, mas a entrada do safety car logo no início por causa do acidente com o Mark Webber atrapalhou nossos planos”, relatou Bruno, que esperava cumprir um primeiro longo turno nas ruas de Valência e deixar para trocar os pneus apenas no final da corrida.

A antecipação do pit stop não foi o único contratempo enfrentado pelo piloto da HRT F1 Team. Na volta 37, quando precisou abrir passagem para o então terceiro colocado Kamui Kobayashi, Bruno levou um toque do alemão Timo Glock que danificou o bico do seu carro. Os dois disputavam posição. “Acho que foi um acidente normal de corrida, mas talvez ele tenha sido um pouco otimista demais. Aliás, essa parece uma tendência atual na Fórmula 1. Os caras mal fazem a ultrapassagem e já jogam o carro em cima. Eu já vinha pendurado no freios e não tive como evitar o toque”, comentou Bruno.

A HRT F1 Team viu os dois carros completarem a prova. Bruno disse que, de fato, a confiabilidade do equipamento acabou se transformando no aspecto positivo em Valência. “Não tive qualquer problema. E no final da corrida, depois que troquei o bico e estava com os pneus certos, consegui imprimir um ritmo bem mais forte”, lembrou.

A próxima etapa está marcada para 11 de julho, no GP da Inglaterra. “Com um pouco mais de informações sobre o carro, devemos nos sair um pouco melhor em Silverstone”, concluiu Bruno. O autódromo foi palco da terceira vitória de Bruno na Fórmula GP2. O traçado, no entanto, recebeu modificações com a ampla reforma a que o autódromo foi submetido.

Fonte: F1Mania.net – redacao@f1mania.net

Foto:Hispania F-1/Divulgação.