Queda de desempenho prejudicou Victor Matzenbacker no Brasileiro de Kart

20 de julho de 2010

Para ser campeão brasileiro de kart, é preciso uma união de bom desempenho, bom equipamento, boa preparação e boa sorte. Dos itens citados, apenas o último não esteve com o gaúcho Victor Hugo Matzenbacker (CRG/KartPress), um dos destaques da categoria Júnior Menor na competição nacional, disputada em Volta Redonda, no Rio de Janeiro.

Desde os treinos livres, Victor andou entre os primeiros colocados de sua categoria, mostrando, como já era esperado, ser um dos favoritos ao título de sua primeira participação em um Campeonato Brasileiro na Júnior Menor. E os bons resultados continuaram aparecendo ao longo dos dias. Nas duas provas classificatórias, ele terminou em terceiro e quinto, respectivamente. Na pré-final, teve um animador segundo lugar, mas a bateria decisiva foi marcada por uma falta de sorte.

Matzenbacker chegou a andar na frente, mas uma queda no desempenho de seu kart fez com que o piloto de Passo Fundo não conseguisse acompanhar o pelotão que disputava pelo título (a taça de campeão ficou com o piloto da casa Renatinho Jr.). Dessa forma, o competidor gaúcho teve de se contentar com a décima colocação.

“Meu rendimento foi bom, andamos rápido, mas tivemos uma queda de desempenho na corrida final. Isso prejudicou muito, já que eu liderei o início da corrida. Mesmo assim, estou contente em ter andado entre os líderes no meu primeiro campeonato brasileiro na categoria Júnior Menor. Agora, vou me preparar mais para as próximas competições. Quero bons resultados”, disse Matzenbacker, observado de perto pelo francês Arnaud Kozlinski, atual campeão mundial de kart na categoria Super KF.