Fórmula Truck: quatro vencedores diferentes em quatro etapas disputadas em 2010

23 de julho de 2010

O equilíbrio da Fórmula Truck – tanto na disputa dos pilotos, quanto na de equipes – é um dos principais responsáveis pelo sucesso da categoria. E a temporada 2010 é um claro reflexo dessa competitividade. Em quatro etapas disputadas neste ano, foram quatro vencedores diferentes. Duas vitórias dos caminhões com motores 12 litros (Mercedes-Benz e Scania) e duas vitórias de caminhões equipados com propulsores 9 litros (Volkswagen). Os pilotos que venceram foram Felipe Giaffone (1ª etapa – Guaporé – RS), Roberval Andrade (2ª etapa – Rio de Janeiro – RJ), Valmir Benavides (3ª etapa – Caruaru – PE) e Wellington Cirino (4ª etapa – Campo Grande – MS). Neste final de semana (24 e 25 de julho) será disputada a 5ª etapa do Campeonato Sul-Americano da categoria, no tradicional Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Surgirá um quinto vencedor diferente na temporada, ou a prova que marca exatamente a metade do campeonato pode marcar o início da arrancada de um dos pilotos que já venceu este ano rumo ao titulo?

As estatísticas mostram que nos últimos dez anos, em apenas três temporadas cinco pilotos diferentes venceram nas cinco primeiras corridas: 2001, 2006 e 2008. E de olho em repetir este histórico, está o piloto Geraldo Piquet, da equipe ABF Mercedes-Benz. Sexto colocado na tabela, ele ainda não venceu na temporada e vê São Paulo como uma boa oportunidade. “Os caminhões Mercedes-Benz são sempre muito competitivos em Interlagos. O Wellington Cirino já venceu em três oportunidades nessa pista. Espero que seja o meu dia neste domingo. Já tive o gosto de dois pódios em São Paulo e uma vitória agora viria em boa hora na briga pelo campeonato”, aponta o brasiliense.

Já o companheiro de equipe de Piquet, o paranaense Wellington Cirino, prefere quebrar a escrita para entrar de vez na briga pela liderança do Campeonato. Vencedor da quarta etapa, disputada em Campo Grande, no mês de junho, Cirino aposta no bom retrospecto no circuito paulista, onde já venceu três vezes. “Andar bem aqui vai muito importante na luta pelo título”, admite o paranaense, que ocupa o terceiro posto na tabela de pontuação, 19 pontos atrás do líder, Valmir Benavides. “As provas em Interlagos nunca são fáceis, mas nosso caminhão tem um bom conjunto pra esse circuito. Vai ser uma briga boa!”, prevê o tetracampeão da categoria.

Foto:Orlei Silva/Divulgação.