Alonso vence na Alemanha em nova “marmelada” da Ferrari

25 de julho de 2010

Por Giovanni Romão – Quem não lembra daquele filme: “A marmelada da Áustria”? De fato não ganhou as telas do cinema, mas ficou registrado na história do esporte. Ocorreu em 2002, quando a metros da bandeirada final, por uma ordem da equipe, o brasileiro Rubens Barrichello entregou a vitória para o alemão Michael Schumacher. A mesma equipe, também com um brasileiro, mas agora tendo um espanhol como o outro protagonista, voltou a produzir a seqüência da série. Para o mundo do esporte, classificada na categoria de “terror”.

No GP da Alemanha, disputada neste domingo, dia 25 de julho, o espanhol Fernando Alonso garantiu a vitória após ganhar de presente o primeiro lugar de Felipe Massa. A nova manobra da equipe Ferrari foi desenhada via rádio e ficou clara para mundo do esporte.

Depois do primeiro e único pit, Massa voltou à frente de Alonso. O ritmo dos dois pilotos era muito próximo. Foi quando o engenheiro do Felipe o chamou pelo rádio e disse: “Alonso é mais rápido do que você. Você pode confirmar que entendeu esta mensagem?”

Na volta seguinte, o brasileiro entregou a primeira colocação para Alonso. Do rádio, ouviu do mesmo Smedley: “Obrigado. Mantenha-se com ele. Desculpa!”

Daí para frente, Alonso caminhou para a bandeirada final e Massa concluiu em segundo, com Sebastian Vettel fechando o pódio em terceiro. Na quarta colocação ficou Lewis Hamilton, com Jenson Button em quinto e Mark Webber na sexta colocação.

O sétimo colocado foi Robert Kubica, da Renault, seguido pela dupla da Mercedes GP, Nico Rosberg e Michael Schumacher, rescpetivamente. Vitaly Petrov fechou a zona de pontuação em décimo.

Os outros brasileiros tiveram um desempenho discreto. Rubens Barrichello, que largou em oitavo, terminou apenas em 12º, enquanto Bruno Senna foi o 19º e Lucas di Grassi abandonou.

Corrida sem emoção e com polemica

A largada da prova foi um dos momentos mais decisivos da corrida. Aproveitando-se do fato de estar do lado limpo da pista, Massa pulou de terceiro para a liderança da prova. Alonso também conseguiu superar Vettel e garantiu o segundo posto.

As primeiras voltas da corrida foram marcadas por poucas disputas. As posições conquistadas na largada prova foram as que se seguiram ao longo do primeiro trecho da corrida, até o início dos pit stops.

Entre os líderes, quem abriu a “janela” de pits foi o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, logo na volta número 13. Na sequência, vieram Alonso, Massa, Hamilton e Webber.

Quem se manteve por mais tempo na pista foi o inglês Jenson Button. Na liderança, o piloto da McLaren segurou por mais algumas voltas na pista para, enfim, entrar no pit e trocar os pneus supermacios pelos macios – dois tipos escolhido pela Bridgestone para a pista de Hockenheim.

Com as posições restabelecidas, Massa e Alonso apareciam na ponta novamente. Em uma “disputa” com retardatários, o brasileiro acabou se atrapalhando e o espanhol atacou. Massa, porém, conseguiu segurar a posição. A situação fez Alonso classificar o fato como “ridículo” pelo rádio.

Então, na volta de número 49, uma manobra começou a ser desenhada na Ferrari. Através das conversas de rádio, Massa entregou a primeira colocação para Alonso, em um jogo descarado de equipe.

Uma dobradinha que resgata o triste momento vivido pela F1 há oito anos, na Áustria.

Campeonato

A Fórmula 1 volta já na próxima semana, com o GP da Hungria. Os treinos livres começam na próxima sexta-feira, dia 30.

Confira o resultado do GP da Alemanha:

1 Fernando Alonso (ESP/Ferrari)
2 Felipe Massa (BRA/Ferrari)
3 Sebastian Vettel (ALE/Red Bull)
4 Lewis Hamilton (ING/McLaren)
5 Jenson Button (ING/McLaren)
6 Mark Webber (AUS/Red Bull)
7 Robert Kubica (POL/Renault)
8 Nico Rosberg (ALE/Mercedes GP)
9 Michael Schumacher (ALE/Mercedes GP)
10 Vitaly Petrov (RUS/Renault)
11 Kamui Kobayashi (JAP/BMW Sauber)
12 Rubens Barrichello (BRA/Williams)
13 Nico Hulkenberg (ALE/Williams)
14 Pedro de la Rosa (ESP/BMW Sauber)
15 Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso)
16 Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India)
17 Adrian Sutil (ALE/Force India)
18 Timo Glock (ALE/Virgin)
19 Bruno Senna (BRA/HRT)
OUT Lucas di Grassi (BRA/Virgin)
OUT Heikki Kovalainen (FIN/Lotus)
OUT Sakon Yamamoto (JAP/HRT)
OUT Jarno Trulli (ITA/Lotus)
OUT Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso)

Confira a classificação geral do Mundial de Pilotos
1|    Lewis Hamilton    157
2|    Jenson Button    143
3|    Sebastian Vettel    136
4|    Mark Webber    136
5|    Fernando Alonso    123
6|    Nico Rosberg    94
7|    Robert Kubica    89
8|    Felipe Massa    85
9|    Michael Schumacher    38
10|    Adrian Sutil    35
11|    Rubens Barrichello    29
12|    Kamui Kobayashi    15
13|    Vitantonio Liuzzi    12
14|    Vitaly Petrov    7
15|    Sebastien Buemi    7

Redação F1Mania.net – redacao@f1mania.net

Foto: Scuderia Ferrari-Divulgação.