Tudo pronto na Equipe Acelera Siriema para largada do Rally dos Sertões

3 de agosto de 2010

Agora falta pouco. Em ritmo de contagem regressiva, a Equipe Acelera Siriema está pronta para mais uma edição do Rally Internacional dos Sertões. A partir da próxima terça, Luiz Facco e Silvio Deusdará disputam o Prólogo, na pista montada em frente ao Shopping Flamboyant em Goiânia (GO) e, no dia 11, a esperada largada para primeira etapa rumo a Caldas Novas.

Completando sete anos de Rally dos Sertões, Facco conta com uma infra-estrutura muito bem montada que lhe dá total segurança durante a prova. “No ano passado a 4×4 Expert ganhou o prêmio de Melhor Equipe de Apoio. Neste ano ela está melhor estruturada para poder nos proporcionar uma prova competitiva e confiável. Estamos bem assessorados e preparados para mais um Sertões”, destaca o piloto, que estreará uma nova Mitsubishi L200 RS, desenvolvida especialmente para a prova.

O trabalho de meses foi concluído para ser desfrutado durante os 10 dias num roteiro de 4.486 quilômetros que termina em Fortaleza (CE) em 20 de agosto. E não é pouca coisa que envolve o preparado de uma equipe para uma prova como esta. Além do desenvolvimento do novo veículo dentro do regulamento da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo), toda a logística diária da prova, peças de reposição, jogos de pneus, equipe de apoio, roteiro, mapas, locais de hospedagem, tudo é minuciosamente projetado para que não ocorram imprevistos que possam prejudicar o desempenho da dupla.

Facco e Deusdará foram Campeões em 2009 na categoria Super Production, após liderarem as sete últimas etapas e vencer com mais de 5 horas de vantagem. Em função do aprendizado deste título, a dupla segue para a 18ª edição mais confiante.

“Me deixa muito feliz fazer parte deste time novamente e ainda, poder estar numa das equipes mais respeitadas do meio. E a responsabilidade que foi depositada em mim para navegar para o Facco por mais um ano. Nossa sintonia está muito boa, nos entendemos bem dentro e fora do carro e os resultados estão aí, com tendência a melhorar cada vez mais”, diz o navegador cearense.

Segundo o piloto, de um ano para cá o entrosamento está muito superior, assim como o rendimento da dupla. “Estamos muito melhores que no ano passado, quando foi a primeira grande prova que fizemos juntos. Além disto, o Sertões que fizemos nos deu muita experiência. Estamos seguramente mais fortes”, finaliza Facco.

Percorrer seis estados (Goiás, Minas Gerais, Tocantins, Maranhão, Piauí e Ceará) e cruzar por quatro regiões do país será o desafio dos 155 veículos inscritos na competição entre as categorias Motos, Quadriciclos, Carros e Caminhões. Confira o abaixo o roteiro das 10 etapas que prometem superar as dos anos anteriores, em nível técnico e de dificuldade.

Foto:Doni Castilho