Problema na embreagem atrapalha desempenho de Helena e Josi na primeira etapa

12 de agosto de 2010

Diante de paisagens exuberantes as equipes inscritas na 18ª edição dão Rally dos Sertões partiram de Goiânia rumo a Caldas Novas (GO), para os primeiros 133 quilômetros de disputa da primeira etapa da competição. Helena Deyama e Joseane Koerich, sofreram com problemas na embreagem, o que acabou atrapalhando o desempenho da dupla na prova. Ainda assim, completaram a etapa na 31ª posição na classificação geral, e um tempo de 02h06m28s.

Helena lamentou que um problema que já vem de outras provas tenha atrapalhado a equipe na abertura do Sertões 2010. “Tivemos um problema com a embreagem, e tive que tirar o pé do acelerador, para evitar que carro patinasse. Com isso, acabamos perdendo algumas posições, e demos que dar passagem para vários veículos. Fico chateada, porque foi o mesmo problema apresentado em Avaré (Sertões Series), a equipe testou bastante o carro, trabalhou muito para solucionar o problema, mas ele persistiu. No final, viemos administrando a prova, e poupando a embreagem, mas acredito que a equipe deve solucionar o defeito para a 2ª etapa”, explicou a piloto.

Mesmo com as dificuldades apresentadas, a dupla aprovou a especial montada pela organização do rali. “Foi tudo muito bem na navegação, tivemos bastante piçarras, e estradões, sendo uma especial muito tranqüila. Por conta desse problema mecânico acabei me distraindo um pouco e errando na área de radar, mas foi bom para afinar ainda mais o entrosamento da dupla”, completou Josi.

Para a segunda etapa do rali, as equipes deixam a cidade de Caldas Novas em Goiás, rumo a Unaí, em Minas Gerais. Será uma especial longa, de cerca de 214 quilômetros pela frente, e totalizando 445 quilômetros com os deslocamentos. Segundo Helena, a equipe irá trabalhar forte dia e noite para resolver o problema e deixar a L200 RS (Mitsubishi) acertada para o segundo dia de disputa.

Foto: Fábio Davini/DFotos