GP Bahia Stock Car: Corinthians mostra garra, mas fica fora dos pontos na Bahia

16 de agosto de 2010

Um acidente impediu o RZ Corinthians Motorsport de conquistar pontos valiosos na sexta etapa da Copa Caixa Stock Car em 2010, disputada na manhã deste domingo nas ruas do Centro Administrativo da Bahia, em Salvador.

Ricardo Zonta, piloto do carro número 100, estava na zona de pontuação quando iniciou a manobra de ultrapassagem em cima de Felipe Maluhy, da Officer Pro GP, quando seu Chevrolet Vectra perdeu a traseira ao frear no piso úmido do circuito urbano. Como resultado, o piloto, que também compete no FIA GT e venceu a última prova, em Spa, rodou e acertou com violência o muro de pneus.

Apesar da violência do impacto, que danificou toda a parte traseira do equipamento, Zonta escapou ileso. “O carro vinha bem e estávamos numa situação boa”, lamentou o ex-piloto das equipes McLaren, BAR, Jordan, Toyota e Renault na F-1. “Aquele local era um bom ponto de ultrapassagem, mas com a pista molhada o carro saiu de traseira e não tive como segurar”, completou.

O outro piloto da equipe, Antonio Jorge Neto, fez uma excelente corrida de recuperação. Após ter problemas na classificação e partir em penúltimo, o campineiro evoluiu nada menos que 15 posições nas ruas estreitas de Salvador, chegando em 18º e ficando a apenas três postos da zona de pontuação. “Foi uma corrida de difícil ultrapassagem, mas meu carro era outro carro em relação a classificação, muito rápido e equilibrado”, disse.

“Uma pena não termos detectado o problema antes da classificação, pois teríamos conseguido posições importantes. Antes da corrida a equipe previa uma estratégia com muitas intervenções do safety car e isso não aconteceu em função da conscientização dos pilotos. Isso foi muito conversado no briefing e os pilotos correram conscientes, o que fez a diferença”, completou.

Para o chefe da equipe, Robson Fernandes, o resultado não foi dos mais agradáveis, mas o momento é de virar a página e se preparar para um momento especial: a comemoração do centenário do Timão. “É uma pena o que aconteceu. Tínhamos dois carros bem equilibrados e tanto o Zonta, quanto o Neto estavam vindo em uma crescente. Mas agora vamos esquecer isso e focar a Corrida do Milhão, que coincide com o centenário do clube. Será uma semana bastante especial, e pretendemos fazer uma festa digna do Corinthians, um dos clubes mais importantes do mundo. Vamos lutar com muita garra para recompensar todos os torcedores do Timão com um bom resultado em Interlagos.”

Fotos: Vanderley Soares/MS2