Em Road America, Melo busca quarta vitória na temporada da ALMS

17 de agosto de 2010

Duas semanas de conquistar sua terceira vitória em seis etapas da classe GT na American Le Mans Series, a Risi Competizione, sediada em Houston e que representa a Ferrari, desembarca confiante no estado do Wisconsin, para a sétima das nove etapas da temporada. Os treinos de sexta (20) e sábado (21) e a corrida de domingo (22) vão abrir um período de trabalho intenso, já que a etapa seguinte acontecerá uma semana depois, no dia 29, em Bowmanville, no Canadá.

A prova deste domingo em Elkhart Lake, no circuito de Road America, vai coincidir com a quarta e penúltima etapa da europeia Le Mans Series, na húngara Budapeste. O brasileiro Jaime Melo e o italiano Gianmaria Bruni, pilotos da Risi, foram os vencedores da corrida anterior, em Portugal. “Antes mesmo das vitórias nos dois campeonatos, já sabíamos que, com as duas provas no mesmo dia, nós iríamos correr nos Estados Unidos”, diz Melo, vice-líder do campeonato.

Assim, na etapa de Road America, a Risi Competizione terá Melo e Bruni na Ferrari F430 número 62. O carro número 61 será pilotado pelo finlandês Mika Salo e o alemão Pierre Kaffer. O italiano Giancarlo Fisichella e o também finlandês Toni Vilander, que defenderam o time na corrida de duas semanas atrás em Mid-Ohio, vão competir na Hungria. “A equipe está muito animada para todo o trabalho do fim de semana. A meta é vencermos as duas corridas”, segundo Melo.

Com 4,05 milhas de extensão, o circuito de Road America segue o estilo europeu. “É uma pista onde chegamos a 260 km/h de velocidade final três vezes por volta. Encontrar o acerto ideal do carro é difícil, porque você precisa combinar eficiência em curvas de alta e de baixa. Temos uma boa base, o que é importante, e o trabalho nos treinos vai ser ainda mais decisivo”, antevê o brasileiro. “O bom é que nossa condição, agora, é melhor que no ano passado”, acrescenta.

O comentário de Jaime Melo faz clara alusão ao trabalho de equalização técnica a que as diferentes marcas da categoria GT foram submetidas no início da temporada. “Em 2009 nós tínhamos um carro menos competitivo que os outros, e agora estamos no mesmo nível dos nossos principais concorrentes, a Ferrari F430 está muito boa. E precisamos de um outro bom resultado, quem sabe a nossa quarta vitória, para manter a chance de mais um título”, lembra Melo.

Com a vitória na etapa de Mid-Ohio, Melo e Bruni foram a 95 pontos, na vice-liderança da categoria GT. Os líderes do campeonato são o norte-americano Patrick Long e o alemão Jörg Bergmeister, que revezam a pilotagem do Porsche 911 GT3 RSR da Flying Lizard Motorsports e somam 103 – uma vitória vale 20 pontos. “Há muitas equipes com condições reais de vitória, vai ser mais um fim de semana de trabalho duro. Isso valoriza bastante um resultado”, opina o brasileiro.

Texto: Luciano Monteiro –
Foto: Regis Lefebure/Risi Competizione