Vitor Meira comemora volta da Fórmula Indy aos circuitos ovais

27 de agosto de 2010

Após mais de dois meses, preenchidos com a disputa de cinco corridas nas mais variadas formas de traçados mistos, a temporada 2010 da Fórmula Indy está de volta às pistas ovais. A categoria terá na noite deste sábado (28) a 14ª das 17 etapas de seu calendário, no circuito de uma milha e meia que do Chicagoland Speedway, em Chicago. As quatro últimas etapas serão disputadas em ovais – as outras três serão no Kentucky, em Motegi e em Homestead.

“Nunca achei que fosse dizer isso, mas ainda bem que os ovais estão de volta”, comentou Vitor Meira, brasileiro que compete na Indy com o carro número 14 da A.J. Foyt. “Quando fomos para essa sequência de mistos, ninguém poderia dizer que teríamos tantos problemas quanto tivemos. Enfrentamos de tudo, não foi algo meu, ou do carro, da equipe. Nada deu certo, a gente teve muita decepção e até passou raiva. Agora as coisas mudam”, ele aposta.

Meira aponta motivos para apostar num ganho de rendimento nas quatro etapas restantes do campeonato. “Meu otimismo é sólido”, ele define. Um, a boa média de resultados que perfez nas três etapas anteriores desenvolvidas em ovais curtos – foi décimo colocado nas etapas do Texas e do Kansas e ficou em sétimo em Iowa. “As coisas estavam começando a acontecer para nós. Dentro da nossa realidade, estava ótimo. Aí vieram os mistos”, ele comenta.

Outra fonte de boa expectativa para o piloto brasileiro está na experiência do engenheiro da equipe, Jeff Burtton, que até 2009 trabalhou com Ed Carpenter na equipe Vision. “O Jeff é um especialista em ovais curtos, foi nesse tipo de pista que ele teve os melhores resultados da carreira dele como engenheiro. É um tipo de circunstância que ele sabe o que fazer, como melhorar o carro. Como teremos pouco tempo de treino, isso faz uma diferença e tanto”, aponta.

Os treinos para a 14ª etapa da Fórmula Indy serão desenvolvidos durante a sexta-feira (27). Serão duas sessões livres de 60 minutos, cada, marcadas para as 11h15 e as 19h. Entre elas, a partir das 15h, vai acontecer a tomada de tempos definindo o grid. A largada para as 200 voltas, no sábado, será dada às 21h. A corrida será transmitida ao vivo pela Rede Bandeirantes tão logo seja finalizada a exibição do horário eleitoral gratuito.

Texto: Luciano Monteiro.