Brasileiro dá show na classificação e larga em sétimo na GT1

29 de agosto de 2010

Com uma brilhante atuação na manhã deste sábado (28/8), o piloto curitibano Enrique Bernoldi (Sangari) conquistou a sétima posição na classificação para a sexta etapa do Campeonato Mundial de GT1, que está sendo disputada este final de semana, no circuito de Nurburgring, na Alemanha. A corrida acontece neste domingo (29/8), a partir das 10h15 (horário de Brasília), e será apresentada no Brasil pelo canal Bloomberg (150 da NET e 197 pela SKY) às 15 horas.

Apesar de o resultado ter ficado aquém do que o Maserati MC12 da equipe Vitaphone Racing poderá render na prova de amanhã, a sétima posição na corrida de classificação (que na GT1 define o grid para a corrida do domingo) pode ser considerado um excelente resultado, já que o carro partiu da 18ª posição. Na sessão de pré-classificação, o português Miguel Ramos, que divide a condução do carro de numeral 2 com Bernoldi, não conseguiu ir além da primeira fase do treino (Q1), e o brasileiro teve de fazer todo o trabalho pesado de uma corrida de recuperação. E o fez de maneira espetacular, fato que tem se tornado frequente nesta temporada da GT1.

Bernoldi foi responsável pela largada e mesmo sem ainda ter dado uma única volta com pista seca desde o primeiro treino, superou oito concorrentes logo na primeira volta. Depois de 40 minutos de uma pilotagem irretocável, Bernoldi entregou o carro para Ramos na 8ª posição. Duas voltas depois, a chuva voltou a cair, fazendo com que a maioria dos pilotos, incluindo o português, voltasse aos boxes para a troca de pneus.

No retorno à pista, Ramos ainda ganhou a posição do outro carro da Vitaphone Racing, pilotado pelo italiano Andrea Bertolini – que optou por continuar com os pneus para pista seca (slick) -, terminando na 7ª posição. O vencedor da prova de classificação foi o Aston Martin pilotado por Darren Turner e Tomas Enge, que larga da pole position, amanhã.

“Não seria para estar muito feliz com esta posição no grid. Mas considerando que larguei lá atrás e que ultrapassei oito carros logo na primeira volta, até que não foi nada mal”, analisou Bernoldi. “Amanhã, o Miguel é quem vai largar. Vamos torcer para que ele consiga manter a posição até o momento de eu pegar o carro. Se tudo correr bem, acho que dá para buscarmos um bom resultado e pensarmos em vitória, especialmente se a chuva voltar a cair”, finalizou o piloto da Sangari, cuja impressionante habilidade em pista molhada é reconhecida desde os tempos do kart.

Outro fator positivo para Enrique Bernoldi é o fato de o circuito de Nurbrugring ser uma de suas pistas preferidas e onde já conquistou uma pole position, quando disputava a Fórmula Renault, e liderou uma prova da Fórmula 3000, até ter que abandonar por causa de uma quebra.

Foto:DPDI