FIA GT: Problemas nos freios atrapalham Zonta na Alemanha

29 de agosto de 2010

O FIA GT disputou na manhã deste domingo a sexta etapa da temporada 2010 em Nürburgring, na Alemanha. Ao contrário da corrida classificatória do dia anterior, chuva deu uma trégua e facilitou o caminho para o Aston Martin de Darren Turner/Tomas Enge vencer pela segunda vez no ano.

Com um lastro de 40 kg no carro, o brasileiro Ricardo Zonta e seu companheiro Frank Kechele largaram em quarto e impuseram um ritmo forte, mantendo-se no “top 6” nas primeiras voltas, mas o cenário da prova começou a mudar perto da janela obrigatória de pit stops.

Na metade da prova, o Lamborghini Muricielago 670 R-SV da equipe Reuter passou a ter problemas com freios dianteiros e cair de rendimento. “Esse imprevisto fez com que eu batesse em um Ford no final da reta, pois não tive como diminuir a velocidade”, destaca. “Por isso, levamos um ‘drive through’, o que prejudicou muito a corrida”, relatou o ex-piloto das equipes McLaren, BAR, Jordan, Toyota e Renault na F-1. Parceiro de Zonta, Kechele apenas levou o carro até a bandeirada final.

Peter Kox e Christopher Haase, em um Lamborghini, ficaram em segundo, com Marc Hennerici e Alexander Margaritis, a bordo de um Corvette, completando o pódio. O outro brasileiro na competição, Enrique Bernoldi, foi o décimo segundo ao lado de Miguel Ramos em um Maserati. A próxima etapa do Mundial acontece no dia 19 de setembro, no circuito do Algarve, em Portugal.

Já o próximo compromisso de Ricardo Zonta será no dia 5 de setembro, com a etapa da Copa Caixa Stock Car, etapa válida pela Corrida do Milhão, em Interlagos, onde representará o RZ Corinthians Motosport na corrida que celebrará os 100 anos do clube paulistano.

Foto:Rafael Gagliano/MS2