Gabriel volta a andar entre os primeiros

29 de agosto de 2010

Um defeito no diferencial, componente que integra o sistema de transmissão do carro, foi a razão do mau desempenho dos dois carros da Hitech durante as duas últimas rodadas triplas do Campeonato Britânico de Fórmula 3. Foi o que o time descobriu esta semana, e a simples substituição da peça permitiu que Gabriel Dias voltasse a frequentar as primeiras posições na tabela de tempos.

“O diferencial torcido deixava uma roda traseira mais alta que a outra. É coisa muito rara de acontecer, mas que deixava o comportamento do carro irreconhecível”, lembrou o paranaense. “Para mim foi muito difícil, porque parecia que eu estava fazendo drifting, só que meu estilo de guiar é completamente diferente, é mais limpo, sem acabar com os pneus”, explicou.

Neste sábado (28) no circuito de Snetterton, palco da penúltima rodada tripla da temporada, Dias terminou o dia com o sexto melhor tempo no acumulado das sessões livres, mas no treino da tarde foi o piloto mais rápido entre os que foram à pista com pneus usados.

“Fomos até mais rápidos do que a Carlin nestas condições e terminamos a segunda sessão na vice-liderança. Até começar a chover, só o (brasileiro Adriano) Buzaid havia passado pneus novos, e ele ficou com o melhor tempo. De qualquer forma, a Carlin está com mais facilidade nas curvas de média e alta velocidades, mas sabemos onde podemos melhorar”, comentou Gabriel.

“O fato de a nossa equipe ter encontrado e solucionado o problema nos trouxe um alívio muito grande, e posso dizer que o carro também gostou muito”, brincou Gabriel. “A diferença é enorme para as últimas corridas. Parece que guiávamos um carro de uma categoria bastante inferior. Mas agora é bola para frente, temos um ótimo equipamento que precisa apenas de alguns ajustes. Espero estar de volta entre os primeiros, como foi hoje, para pontuar o máximo possível nas três corridas”, afirmou.

Foto:Jakob Ebrey