Helio Castroneves: “Essa corrida foi de tirar o fôlego”

29 de agosto de 2010

Numa prova das mais disputadas da temporada e decidida apenas nos metros finais, o piloto Helio Castroneves, do Team Penske, garantiu a 6ª colocação no Chicago Speedway, em prova noturna realizada neste sábado e válida pela 14ª etapa da Fórmula Indy. O resultado acabou se constituindo num esforço de recuperação, pois disputava a ponta quando caiu para as últimas posições em razão de problemas nos pits. A vitória foi conquistada pelo escocês Dario Franchitti, da Chip Ganassi Racing.

O início da corrida de 200 voltas foi marcado pela liderança do pole position Ryan Briscoe, enquanto Castroneves se mantinha no bloco dianteiro, também integrado por Franchitti e Marco Andretti (Andretti Autosport). Essa disputa continuou forte até o primeiro pit, quando os mecânicos da Penske não conseguiram encaixar de forma apropriada a mangueira de reabastecimento. A conseqüência foi o retorno tardio à pista, mais exatamente na 22ª posição.

Depois disso, coube ao piloto brasileiro reconquistar posições em ritmo constante. Sua performance, em alguns momentos, acabou sendo aquém de suas expectativas por causa do intenso tráfego que teve pela frente. Em outros, porém, conseguiu se desvencilhar de grupos compactos com menor dificuldade e, principalmente na parte final, ganhou diversas posições.

Tudo isso foi acontecendo diante a necessidade iminente de poupar combustível, para fugir da pane seca, um “fantasma” que assombra a todos em Chicagoland e que acabou vitimando o seu companheiro de equipe Will Power. O líder do campeonato precisou fazer uma rápida parada para reabastecimento, faltando cinco voltas para o final, mesmo estando em 1º lugar naquele instante.

“Olha, o carro era tão bom que no início eu estava ali na frente, brigando realmente pela vitória. Infelizmente ocorreu o problema no pit e, quando voltei para a pista, tive de ter muito cuidado para não me envolver nos acidentes que aconteciam e, principalmente, ganhar o maior número possível de posições. Foi uma corrida muito competitiva, de tirar o fôlego do público e da gente. É claro que não fiquei satisfeito em deixar a disputa pela liderança, mas chegar em 6º foi muito bom por causa de tudo o que aconteceu”, avaliou Castroneves.

O campeonato terá continuidade já no próximo sábado (4 de setembro), no Kentucky Speedway, valendo pela 15ª e antepenúltima etapa do IZOD Indycar Series 2010.