Copa Chevrolet Montana: Interlagos é corrida-chave no campeonato para Lucas Finger

1 de setembro de 2010

Interlagos, palco paulistano de diversas disputas emocionantes nas mais diversas categorias, recebe neste final de semana (04 e 05/9) mais três competições, entre elas, a Copa Chevrolet Montana. Além da ansiedade por voltar a acelerar após mais de 80 dias sem corridas – a última foi a etapa de Ribeirão Preto, disputada no dia 6 de junho –, o piloto Lucas Finger (Santa Carolina/Technos Relógios/Massa Tung) considera esta etapa uma corrida-chave para se deslanchar na classificação do campeonato das picapes, onde atualmente ocupa a quarta colocação, com 48 pontos – o líder é o paulista Rafael Daniel, com 57.

“A expectativa é muito boa. Tenho andado com regularidade no campeonato e a classificação está embolada. Creio que podemos fazer mais uma boa corrida aqui em Interlagos, um traçado que gosto muito e que é bastante seletivo. Tenho boas memórias do circuito, já que fui campeão da Stock Jr aqui. Estou bem ansioso para recomeçar, mas isso vai passar no primeiro treino. Faltam cinco corridas para a definição do certame e preciso ser mais agressivo nessa etapa, que considero ser um ponto-chave para nós, para podermos subir ainda mais na tabela”, avaliou Finger, que reside no Vale do Paraíba (SP).

Os quatro primeiros colocados na classificação da Copa Montana estão separados por apenas nove pontos, mostrando a competitividade da categoria. Para escapar de toques, comuns entre os carros já que a modalidade é muito equilibrada e competitiva, o piloto da equipe AMG Motorsport (3M/ Poliron/ Beta Ferramentas) já pensa nas estratégias para garantir com segurança uma boa performance quando a luz verde for acesa.

“Nosso carro é bom de tomada de tempos e temos de largar entre os cinco primeiros, pelo menos, onde as chances de evitar uma batida são maiores. Esta corrida será bem mais disputada, pois além do tempo parado, os pilotos com certeza querem mostrar serviço para uma renovação de contrato e até mesmo porque como a Stock Car também vai correr, as equipes principais estarão de olho em nós. O objetivo nosso é o pódio e creio que vamos conseguir. Classificando bem, é preciso manter um bom ritmo de corrida”, afirmou Finger.

No final de semana também acontece a Corrida do Milhão Goodyear, que premia o vencedor da etapa da Copa Caixa Stock Car com um milhão de reais. Lucas considera uma excelente iniciativa da promotora do evento, mas que poderia se estender para as outras categorias, não só na Stock Car.

“A ideia é fantástica, é bastante motivador um prêmio desses. Poderia também haver um prêmio, não necessariamente nesse valor, para as picapes também. Ajudaria muito a diminuir os nossos custos. Ou mesmo uma ajuda para quem é campeão e sobe para a Stock Car no ano seguinte. A categoria das picapes é sensacional e temos muitos pilotos bons correndo aqui. Acho que ajudaria ainda mais a popularizar a maior categoria do automobilismo brasileiro”, salientou o piloto da Santa Carolina/Technos Relógios/Massa Tung.

Fotos:Divulgação.