Copa Montana: Lucas Finger termina em 12º em Interlagos

5 de setembro de 2010

Interlagos saboreou neste domingo (5/09) mais uma corrida cheia de adrenalina na Copa Chevrolet Montana. Diogo Pachenki (Nascar Motorsport) faturou a vitória e de quebra assumiu a liderança do certame das picapes. Já o piloto Lucas Finger (Santa Carolina/Technos Relógios/Massa Tung) sofreu com problemas na picape numeral #21 quando era o sétimo colocado. Após metade da prova ser completada, o carro de Finger começou a perder rendimento e o piloto concluiu a corrida na 12ª posição.
“Estou bastante decepcionado. Tínhamos a expectativa de voltar com o pé direito depois de tanto tempo parado, mas não deu. No começo da corrida o carro estava muito bom, mas repentinamente ele caiu de produção bem quando eu estava tentando ultrapassar o sexto colocado. Alguma coisa quebrou, acho que a barra estabilizadora ou triângulo da suspensão. Foi o carro mais difícil que guiei”, apontou o paranaense, que reside no Vale do Paraíba (SP).

O piloto da AMG Motorsport (3M/Poliron/Beta Ferramentas) manteve a quarta colocação na tabela de pontuação, com 52 pontos. O líder é Pachenki, com 79, seguido de perto por Eduardo Leite (Hot Car), com 67, e Rafael Daniel (Scuderia 111), com 65, mostrando o equilíbrio da categoria de acesso à Stock Car.

Restando somente quatro corridas para definir o campeão da Copa Chevrolet Montana, a categoria desembarca em Campo Grande (MS), o palco escolhido para a próxima etapa do calendário, no dia 19 de setembro. E Finger espera melhores resultados no circuito sul-matogrossense.

“O resultado aqui em Interlagos foi muito ruim, infelizmente. Mas vamos trabalhar duro para voltarmos a ser competitivos em Campo Grande e tentar uma aproximação da ponta da tabela. Espero ter melhor sorte lá”, finalizou.