Rubens resgata décima colocação após toque de Vettel

12 de setembro de 2010

Rubens Barrichello partiu na décima posição no GP da Itália de F1 disputado neste domingo (12), e logo após a largada já brigava pela oitava posição na reta, mas, na primeira curva da chicane, a fila da linha de fora ficou travada e Rubens acabou tocando na traseira de Sebastian Vettel e, além de perder um pedaço do bico, deixou de ganhar as duas posições de Nico Hulkenberg e Robert Kubica, e também foi superado por Sebastien Buemi caindo para a décima primeira posição. No entanto, Rubens conseguiu ganhar a posição de Buemi após a parada nos boxes e assim entrou na zona de pontuação ao final das 53 voltas da prova na Itália.

“Eu tive um bom começo e já estava ao lado de Nico (Hulkenberg), mas, entrando na primeira curva, peguei a linha de fora e como estávamos todos juntos por ser muito apertado, encontrei o Vettel, que fez uma má largada, e perdi uma parte do ‘nariz’ do carro. Mas o mais significante foi que perdi a posição para o Buemi e isso praticamente determinou a minha corrida. No entanto, ainda bem que consegui somar mais um ponto no campeonato”, comentou o brasileiro.

Rubens soma 31 pontos no total e junto com os 16 somados por seu companheiro, Hulkenberg, colocam a Williams na sétima colocação no campeonato de construtores. A vitória desse domingo ficou com o espanhol Fernando Alonso, da Ferrari. A próxima corrida da F1 será o GP de Cingapura, no dia 26 de setembro.

Final do GP da Itália:

1°. Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 1h16min24s572
2°. Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes), a 2s938
3°. Felipe Massa (BRA/Ferrari), a 4s223
4°. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault), a 28s193
5°. Nico Rosberg (ALE/Mercedes), a 29s942
6°. Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault), a 31s276
7°. Nico Hulkenberg (ALE/Williams-Cosworth), a 32s812
8°. Robert Kubica (POL/Renault), a 34s028
9°. Michael Schumacher (ALE/Mercedes), a 44s948
10°. Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth), a 1min04s200
11°. Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso-Ferrari), a 1min05s00
12°. Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India-Mercedes), a 1min06s100
13°. Vitaly Petrov (RUS/Renault), a 1min18s900
14°. Pedro de la Rosa (ESP/Sauber-Ferrari), a 1 volta
15°. Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso-Ferrari), a 1 volta
16°. Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes), a 1 volta
17°. Timo Glock (ALE/Virgin-Cosworth), a 2 voltas
18°. Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Cosworth), a 2 voltas
19°. Sakon Yamamoto (JAP/Hispania-Cosworth), a 2 voltas
20º. Lucas Di Grassi (BRA/Virgin-Cosworth), a 2 voltas

Abandonaram:

21°. Jarno Trulli (ITA/Lotus-Cosworth), 1min25s974
22°. Bruno Senna (BRA/Hispania-Cosworth), 1min26s847
23°. Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes), 1min27s020
24°. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari), 1min25s934

Fotos: Jean Françóis Galeron/Divulgação.