Problema mecânico impede Daniel de completar rali em San Luis

21 de setembro de 2010

Depois de demonstrar seu poder de reação ao enfrentar dificuldades na troca de uma roda e subir da 17ª à 6ª colocação, Daniel Oliveira (GDK/LMP/GDK Angola/LEFT São Paulo/INDEX) se viu obrigado a abandonar a prova em San Luis, na Argentina, palco da oitava etapa do campeonato local de rali, o Rally Argentino.

O piloto, que disputa regularmente o IRC (Intercontinental Rally Challenge) com um Peugeot 207 da equipe austríaca Sthöl Racing, enfrentou dificuldades logo no início das atividades deste domingo (19). Daniel disputou a prova pela equipe Baratero, a bordo de um Subaru Impreza WRX e com o navegador brasileiro Armando Miranda.

“Tivemos um problema no carro logo na primeira especial, quando uma peça se soltou dentro do carro e foi parar debaixo de um dos pedais, e ficaria perigoso. Por isso tive que parar e sair do carro para tirar a peça, e isso nos fez perder muito tempo”, apontou.

Na especial seguinte, o parafuso de fixação da bandeja da suspensão se rompeu, obrigando a dupla brasileira a abandonar o rali, que foi vencido pela dupla argentina formada por Miguel Baldoni e José Díaz. “Acho que mesmo tendo de abandonar, sempre há lições que podemos tirar. Este foi um rali muito difícil, mas que contribuiu muito para o meu aprendizado. O objetivo era ganhar entrosamento com o navegador, e acho que conseguimos. Agora vamos melhorando. Não terminamos o rali, mas valeu muito como experiência”, disse.

O próximo compromisso de Daniel é o Rally de Sanremo, pelo IRC, de 23 a 25 de setembro.