Stock Car: Equipe RZ Corinthians recorrerá da desclassificados

21 de setembro de 2010

Uma punição injusta por parte dos comissários técnicos da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) retirou de Ricardo Zonta, do RZ Corinthians Motorsport, a sétima posição obtida na pista durante a etapa de Campo Grande da Stock Car, disputada na manhã do último domingo (19). Com problemas no carro, que falhou nas três últimas voltas _e resultou na perda de duas posições na última curva da última volta_, o paranaense parou seu carro logo após receber a bandeirada. No entanto, os comissários afirmaram que a equipe mentiu e agiu de má-fé para não ter de retornar aos boxes e não cumprir a regra dos 3L obrigatórios no tanque após a corrida.

“Essa punição é infundada. O carro estava falhando. O regulamento não diz que o carro não poderia ser resgatado. Na nossa telemetria, é facilmente identificável uma falha no carro durante as três últimas voltas, tanto que perdemos duas posições na reta final. Agora, a ideia é recorrer desta decisão para recuperar os pontos”, afirmou o chefe de equipe, Robson Fernandes.

Além de Zonta, outros três pilotos foram desclassificados pelo mesmo motivo: Daniel Serra, o vencedor, Cacá Bueno e Xandinho Negrão; Thiago Camilo também foi retirado do resultado final, mas por não possuir os 3L obrigatórios no tanque. Como resultado, Nonô Figueiredo herdou a vitória.