Stock Car: Na raça, Zonta bota RZ Corinthians no top "10"

21 de setembro de 2010

Foi difícil, mas valeu. Largando da 16ª posição do grid em Campo Grande, Ricardo Zonta tinha a difícil missão de chegar nas primeiras posições e colocar a RZ Corinthians em uma posição ainda melhor no campeonato de equipes da Stock Car. O ex-piloto das equipes McLaren, BAR, Jordan, Toyota e Renault na F-1 fez valer de toda sua experiência e escalou o grid até chegar à quinta posição. Mas, na curva final, uma falha de última hora fez Zonta cair para sétimo na bandeirada. “Foi uma corrida difícil, bastante disputada”, destaca.

“Depois de estar entre os primeiros em todos os treinos livres e ter o problema na classificação, sabia que o carro estava bem competitivo e tinha condições de brigar por essas posições”, explica, referindo-se ao problema com os pneus neste sábado, que o fez terminar a classificação em 16°.

O início de corrida do paranaense foi discreto, mas, após o pit stop, com novos pneus, o carro número 100 do Timão disparou em desempenho, passando a disputar posições no “top 10” até o fim. “Com a troca, o carro se tornou ainda mais competitivo.

Estou feliz com essa corrida e sei que se tivesse largado mais na frente brigaria pela vitória”, destacou o piloto, que abdicou de disputar a etapa do Algarve do Mundial de FIA GT para ajudar a equipe que chefia na Stock Car.

Na briga com o arquirival – Palmeiras, o alvinegro do Parque São Jorge levou a melhor. “Dessa vez foi 1×0 para nós, vamos ver na próxima”, brincou Zonta. O outro piloto da equipe, Antonio Jorge Neto, não teve motivos para comemoração, ao abandonar a corrida. “Infelizmente, meu carro apresentou problemas e tive que parar na última volta”, diz. A etapa que abre o playoff e decide o campeonato de equipes acontece no dia 10 de outubro, em Londrina.

Foto: Vanderley Soares/MS2