De Interlagos para Abu Dhabi: rapidez no transporte da Fórmula

22 de setembro de 2010

As duas últimas corridas do Mundial de Fórmula 1 de 2010 terão um intervalo de apenas uma semana. No dia 7 de novembro os pilotos disputam o GP Petrobras do Brasil em Interlagos e, no dia 14, a prova de Abu Dhabi. Dessa forma, os organizadores do GP Brasil criaram uma nova logística para atender aos interesses das equipes e dirigentes da FIA e FOM. Dois vôos especiais da TAM farão a conexão entre São Paulo e Abu Dhabi, saindo de Cumbica na madrugada de segunda-feira, dia 8 de novembro. O transporte de quase 900 toneladas de equipamentos exigirá um novo sistema de desmontagem no autódromo e o embarque a partir do aeroporto de Viracopos em vôos de empresas especializadas em grandes operações de carga.

O diretor-executivo da TAM Viagens, Sylvio Ferraz, explica que dois aviões – um A340 e um A330 – transportarão respectivamente 286 e 220 passageiros de São Paulo para Abu Dhabi, em vôos de cerca de 15 horas de duração. “Estamos muito satisfeitos em poder participar de um projeto de logística da Fórmula 1”, explica Sylvio, lembrando que, durante a Copa do Mundo, também organizou vôos fretados para Johanesburgo, na África do Sul.

Quanto ao transporte do material que sairá de Interlagos haverá mudanças em relação aos outros anos. O equipamento das equipes na área de boxes e a estrutura das emissoras internacionais de televisão deverão ser desmontados ao mesmo tempo, logo após a prova, já que os três primeiros vôos cargueiros deverão sair de Viracopos até o começo da manhã de segunda-feira. Para isso serão necessárias duas vezes mais caminhões do que em 2009 e o número de carregadores também deverá dobrar. Em 2009, a prova de Abu Dhabi foi disputada duas semanas depois da corrida de Interlagos.

Segundo a orientação da Formula One Management, todo o equipamento para a última corrida do ano deverá estar disponível para as equipes a partir de quarta-feira, dia 10 de novembro, no circuito de Abu Dhabi.