Indy Lights: Rodrigo Barbosa encerra temporada em Miami

4 de outubro de 2010

O brasileiro Rodrigo Barbosa terminou a temporada 2010 da Indy Lights na 12ª posição, com 241 pontos. O encerramento do campeonato aconteceu no último sábado (02/10) em Miami (EUA), onde o título de campeão da categoria de acesso para a Fórmula Indy ficou para o francês J.K. Vernay, com 494 pontos, 23 de vantagem sobre o canadense James Hinchcliffe, o vice-campeão, seguido do inglês Martin Plowman, com 392. O melhor americano foi Charlie Kimball, quarto colocado com 388 pontos, logo na frente da única mulher da modalidade, a inglesa Pippa Mann, com 313, e o espanhol Adrian Jr, em sexto com 307 pontos.
“Foi uma temporada de muito aprendizado para mim nestas 12 provas. Aprendi vários circuitos e ganhei uma boa experiência em traçados ovais e de rua, além dos mistos em autódromos. No vácuo veio o desenvolvimento no ajuste do carro, tanto mecanicamente quanto aerodinamicamente. Estou muito contente com a bagagem que adquiri nesta temporada”, avaliou Rodrigo Barbosa.

Por ser praticamente uma exigência para a entrada na Fórmula Indy, o campeonato da Indy Lights tomou uma dimensão de campeonato mundial. O certame é tão importante que contou com a participação do filho do ex-piloto de Fórmula 1 Adrian Campos e do irmão do piloto da F-Indy Justin Wilson, o inglês Stefan Wilson, 11º colocado, logo a frente do brasileiro. E a própria tabela da competição mostra isto, com pilotos de cinco nacionalidades diferentes entre os seis primeiros. Entre os 34 participantes no ano, foram pilotos de 15 países diferentes.

“O campeonato da Indy Lights virou um mundialito, com a participação de pilotos do mundo inteiro e alguns com bastante experiência. Por isso, tenho orgulho de ter participado de um evento tão importante, de onde estou levando um aprendizado que posso aplicar em qualquer categoria do mundo. Estou preparado para desafios ainda maiores”, comentou o único brasileiro da Indy Lights.