Depois de pódio, Muffato frisa motivação para etapa inédita no Velopark

5 de outubro de 2010

Depois do pódio na etapa do mês passado em Buenos Aires, onde largou em 20º, caiu para último na largada e cruzou a linha de chegada em quinto, Pedro Muffato viaja ao Rio Grande do Sul explicitando sua alta motivação para a oitava e penúltima etapa do Campeonato Sul-Americano de Fórmula Truck. O paranaense da equipe Muffatão nutre boas perspectivas para a corrida deste domingo (10) no autódromo do Velopark, na cidade de Nova Santa Rita.

“É claro que vou para lá bem mais animado com o pódio na Argentina. A pista do Velopark é novidade, o que não muda nada, é novidade para todos”, diz o piloto, que tem no caminhão número 20 as logomarcas de Stara, Café Pilão, ZF, Scania, BorgWarner Coopavel e FAG. “Novidade mesmo é que, se tudo der certo, essa vai ser minha última corrida com o caminhão atual”, revela, sobre o trabalho de construção de um novo Scania de Fórmula Truck.

A montagem do novo caminhão foi iniciada há meses na sede da equipe, em Cascavel. “Nós até consideramos estrear o caminhão algumas corridas atrás, mas não quero queimar nenhuma etapa na montagem. A equipe está trabalhando nisso com muita tranquilidade, mas eu acho que vai dar para estrear já na próxima corrida depois desta”, manifesta, sobre a nona corrida do calendário, marcada para 14 de novembro no Autódromo Internacional de Curitiba.

Quanto à corrida de domingo no Velopark, Muffato promete empenho em sua meta de melhorar a posição de largada. “O meu caminhão é competitivo, vem bem durante as corridas, mas preciso que as coisas deem certo nos treinos para a posição no grid ser melhor que nas últimas corridas”, comenta o piloto, que ocupa o 11º lugar no campeonato, com 41 pontos. “Estou num grupo de pontuação muito equilibrado e quero ganhar posições na tabela”, ele avisa.