GT Brasil tem disputa apertada pelo título na Itaipava GTBR4

5 de outubro de 2010

A temporada do Itaipava GT Brasil entra na reta final com uma disputa das mais interessantes na categoria Itaipava GTBR4. Faltando duas etapas para o fim do campeonato, Valter Rossete tem apenas quatro pontos de vantagem sobre o vice-líder, Renan Guerra.  Dividindo a pilotagem de um Ferrari Challenge com Fábio Greco, a temporada vem sendo de resultados regularmente positivos para Valter Rossete. Foram duas vitórias, quatro segundos lugares e três terceiros. “Desde que começamos a correr juntos, na segunda etapa, temos melhorado prova a prova”, revela Fábio Greco. “Nosso melhor ponto neste ano tem sido a regularidade, já que não deixamos de pontuar em nenhuma corrida. Espero continuar assim”, acrescenta Fábio Greco. Com uma combinação improvável de resultados, eles têm até mesmo a chance de encerrar a disputa já na próxima etapa. “Mas não estamos contando com isso”.

A penúltima rodada dupla da temporada será realizada nos dias 30 e 31 de outubro, em Pinhais (PR). “A etapa de Pinhais será muito difícil para nós, o Maserati Trofeo (carro de Renan Guerra) deve estar mais rápido e os Ginetta são um grande mistério, já que nunca correram lá”, conclui Fábio Greco.

Com cinco vitórias no ano, incluindo duas na segunda etapa, disputada exatamente em Pinhais, Renan Guerra traça planos para virar a disputa a seu favor. “A última corrida do ano, em Interlagos será muito difícil para nós. Então, meu objetivo é ir para lá já na frente. Vai ser difícil, mas acredito que será possível”, conta Renan Guerra.

Renan Guerra acredita que terá vantagem por levar cinco quilos de lastro a menos que os adversários. E afirma que a chuva pode ajudá-lo, também. “Se chover em Pinhais será um pouco melhor para nós em comparação com a Ferrari, mas de toda forma sei bem que será muito difícil”. “O Rossete não está à toa na liderança do campeonato. Será um final de campeonato muito apertado e disputado, disso eu tenho certeza”, conclui Renan Guerra. Vale lembrar que, no fim da temporada, cada piloto ou dupla precisará descartar o pior resultado da segunda metade do campeonato. Atualmente, nessas condições Renan levaria o título por um ponto.

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO (APÓS 12 DE 16 CORRIDAS)
1º Valter Rossete, FC, 175
2º Renan Guerra, MA, 171
3º Fábio Greco, FC, 147
4º Leonardo Medrado/Cristiano Federico, FC, 141
5º Marçal Mello/William Freire, GI, 129
6º Sergio Laganá/Alan Hellmeister, FC, 120
7º Henrique Assunção, MA, 117
8º Carlos Kray, MA, 95
9º Ricardo Ribeiro/Gustavo Sondermann, MA, 88
10º Carlos Burza, GI, 65
11º João Marcelo, MA, 61
12º Otávio Mesquita,FC, 51
13º Osvaldo Federico/Rodrigo Navarro, MA, 49
14º Marcello Sant’Anna,FC, 42
15º Eduardo Furlanetto, MA, 41
16º Leonardo Burti, GI, 27
17º Roberto Amaral, MA, 25
18º Roberta Amaral, MA, 16
19º Rodrigo Stefanini, MA, 10
20º André Posses, MA, 9
20º Mauricio Olio, MA, 9
22º Vinicius Roso/Felipe Roso, MA, 4

Foto:Fernanda Freixosa.