Stock Car: começa a Mobil Super Final

6 de outubro de 2010

Depois de ter ficado de fora do calendário do ano passado, a cidade de Londrina voltará a receber uma das provas da principal categoria do automobilismo nacional. A Stock Car realizará sua nona etapa da temporada 2010 no próximo domingo, dia 10 de outubro. Trata-se de uma disputa especial, pois abrirá a Mobil Super Final, que apontará o campeão nas últimas quatro corridas – depois virá Santa Cruz do Sul, no dia 24 de outubro; Brasília, em 21 de novembro, e Curitiba, no dia 5 de dezembro. A programação do final de semana ainda prevê a realização da quinta disputa do Mini Challenge.

O Canal SporTV mostrará a etapa da Copa Caixa Stock Car ao vivo, a partir das 11h05, enquanto a Rede Globo apresentará um compacto dentro do Esporte Espetacular. Já o Mini terá transmissão pelo Speed Channel e RaceTV (www.racetv.com.br). Os ingressos já estão à venda nos canais Tickets for Fun (www.ticketsforfun.com.br) e nos postos espalhados pela região de Londrina. Preços e endereços podem ser obtidos no site oficial da categoria, www.stockcar.com.br.

Com sua história intimamente ligada à Stock Car, afinal a categoria foi uma das primeiras a andar no circuito em 1992, Londrina é um dos percursos preferidos pelos pilotos em razão de seu traçado desafiador e técnico. Por duas vezes a Stock deixou de correr na cidade, em 96 e no ano passado. Problemas na reforma da pista e do próprio autódromo impediram a realização da corrida em 2009, deixando tristes os fãs da Stock Car. Agora, graças à intervenção da prefeitura, parte das obras foram feitas e ainda há o compromisso do recapeamento total da pista em 2011, a Copa Caixa está de volta e em grande estilo.

Será em Londrina a abertura da Mobil Super Final, na qual apenas dez pilotos – os mais bem classificados até a oitava prova – poderão brigar pelo título. São eles Ricardo Maurício, da Eurofarma RC (Chevrolet); Átila Abreu, da AMG Motorsport (Chevrolet); Nonô Figueiredo, da Cosan Mobil Super Racing (Chevrolet); Max Wilson, da Eurofarma RC (Chevrolet); Cacá Bueno, da Red Bull Racing (Peugeot); Marcos Gomes, da Blau Full Time; Allam Khodair, da Blau Full Time (Peugeot); Felipe Maluhy, da Officer ProGP (Chevrolet); Daniel Serra, da Red Bull Racing; e Popó Bueno, da A.Mattheis (Chevrolet).

Nunca é demais lembrar como funcionará a disputa na segunda fase. Os dez classificados começarão na etapa de Londrina, a primeira da Mobil Super Final, com uma pontuação diferente, que servirá para que não sejam alcançados pelos demais participantes. Cada um receberá a pontuação de uma prova, ou seja, 25 para o primeiro, 20 para o segundo até 6 para décimo, além de 200 pontos de bônus. Dessa forma, a pontuação deles fica assim: 1 Ricardo Maurício, 225, Átila Abreu, 220; 3 Nonô Figueiredo, 216; 4 Max Wilson, 214; 5 Cacá Bueno, 212; 6 Marcos Gomes, 210; 7 Allam Khodair, 209; 8 Felipe Maluhy, 208; 9 Daniel Serra, 207; 10 Popó Bueno, 206. O pior resultado das quatro provas será descartado após o final da competição.

Fotos: Fernanda Freixosa e Duda BairrosVicar