Wagner Ebrahim volta à GT Brasil em Pinhais

14 de outubro de 2010

A temporada do Itaipava GT Brasil ganha mais um nome forte para as provas finais de 2010. A penúltima etapa do campeonato, marcada para os dias 30 e 31 de outubro, em Pinhais (PR), terá a volta do paranaense Wagner Ebrahim à categoria, pilotando um modelo Dodge Viper Competition Coupe. Ele foi um dos destaques de 2008, quando terminou em terceiro lugar na tabela de classificação, pilotando ao lado do irmão, Fábio Ebrahim.

Wagner Ebrahim estava afastado desde o meio do ano passado e retorna ao volante de um Dodge Viper Competition Coupe. Por enquanto, correndo sozinho: “Estamos de volta para demonstrar o potencial do carro e da nossa equipe. O Fábio (Ebrahim) está se recuperando de uma cirurgia no ombro e por isso não pode pilotar comigo. Vai depender de fisioterapia, mas espero que ele volte já em São Paulo”, afirma Wagner Ebrahim.

O piloto confirmou presença nas duas últimas etapas do atual campeonato, como forma de preparação para 2011. “Infelizmente, deixamos a categoria no ano passado por questões técnicas, mas agora encontramos um pneu que funciona melhor para o nosso carro, que é o novo composto da Michelin. Faremos estas duas últimas etapas e a temporada completa no ano que vem”, acrescenta Wagner Ebrahim.

O retorno exigiu bastante trabalho no Dodge Viper Competition Coupe. Será o segundo carro da marca no campeonato – o outro é pilotado por Pedro Queirolo. “Nosso Viper é modelo 2008. Primeiro, tivemos que atualizá-lo. Agora, estamos trabalhando em cima dele de acordo com o regulamento técnico da categoria, checando alguns detalhes e mudando o que é permitido”, conta Wagner Ebrahim.

“Eu gosto muito do campeonato e da pista de Pinhais. Sei que será uma prova difícil, mas desde já espero chegar entre os cinco primeiros”. A penúltima etapa do Itaipava GT Brasil terá transmissão ao vivo da RedeTV! e do portal Terra e exibição durante a semana seguinte no Speed Channel e na ESPN Brasil. A rodada dupla pode decidir o campeonato por antecipação para Matheus Stumpf e Valdeno Brito, com Ford GT.