Trio brasileiro é terceiro na última bateria da Monaco Kart Cup

17 de outubro de 2010

Terminou a disputa da 14ª edição da Monaco Kart Cup. Na manhã deste domingo (17/10), foi realizada a terceira – e última – bateria da programação. Largando da 13ª colocação, o trio brasileiro, formado por Sergio Jimenez (GFS Software), Nelson Ângelo Piquet e Carlos Iaconelli, fez mais uma ótima corrida de recuperação, chegou a liderar e cruzou a linha de chegada em terceiro.

Apesar do bom resultado, o trio que soma nove títulos brasileiros de kart – seis de Jimenez e três de Piquet – literalmente não teve tempo de tirar a diferença que pretendia para os ponteiros da prova. Por conta de um grande acidente e depois pela chuva, a terceira bateria teve apenas 45 minutos de disputa – 1h15 a menos do que o previsto – e impediu que a equipe se recuperasse como queria na classificação geral. No final da 14ª edição da Monaco Kart Cup, foi a décima colocada.

“Hoje (domingo) foi bom e ruim. Largamos na 13ª posição, chegamos a liderar por um bom tempo e terminamos em terceiro. Mas por conta de um grande acidente e da chuva, só tivemos 45 minutos de corrida. Com os problemas que enfrentamos na primeira bateria, precisávamos das duas horas de prova chegar mais à frente no resultado geral”, comentou Jimenez.

“A organização da prova também optou por cancelar as paradas obrigatórias extras, já que perdemos 1h15min de corrida. Mas isso acabou nos atrapalhando também, pois havíamos feito as nossas nas duas primeiras baterias e hoje teríamos apenas duas. Quem deixou para realizar as paradas hoje foi beneficiado”, continuou o piloto.

“Não fosse a batida da primeira bateria, teríamos brigado pela vitória. Nas outras duas provas, ganhamos uma, terminamos outra em terceiro e descontamos três voltas para os ponteiros. Isso mostra que conseguimos ser rápidos como pretendíamos”, falou Jimenez. “Agora é esperar o próximo ano e tentar a vitória, que novamente escapou das nossas mãos”, completou.