FIA GT: Ricardo Zonta dá show e vence na Espanha

25 de outubro de 2010

Duas corridas, duas vitórias. O retorno de Ricardo Zonta ao Mundial de FIA GT não podia ter sido mais perfeito. No circuito de Navarra, na Espanha, o campeão de 1998 fez barba, cabelo, bigode e costeleta: cravou a pole, venceu a prova de classificação, largou na posição de honra na bateria válida pelos pontos, ganhou e fez a melhor volta. Melhor, impossível.  A performance nas duas corridas foi dominante: em ambas, Zonta e seu parceiro, o alemão Frank Kechele, lideraram do início ao fim, com uma vantagem confortável para os rivais. Na prova correspondente à antepenúltima etapa, a dupla completou as 37 voltas válidas com uma vantagem de 11 segundos sobre o Aston Martin de Frederic Makowiecki e Yann Clairay.

Esta é a segunda vitória de Zonta na temporada _a primeira foi em Spa-Francorchamps, na Bélgica. Nas mãos do paranaense, a Lamborghini vem obtendo seus melhores resultados na história do FIA GT: venceu pela primeira vez na Bélgica e, neste fim de semana, debutou na pole position. De quebra, anotou também o segundo êxito.

“O carro estava muito bom para pilotar, muito consistente, e fui capaz de abrir vantagem. Foi um fim de semana muito importante, e os pontos desta corrida são muito bons para o campeonato”, afirmou. Agora, o FIA GT segue para o Brasil, onde disputará a penúltima etapa da temporada, no dia 27 de novembro em Interlagos, em conjunto com o GT Brasil.

No RS, o RZ Corinthians Motorsport, equipe de Ricardo Zonta na Stock Car, não conseguiu o rendimento esperado e se prepara para a próxima etapa em Brasília, no dia 21 de novembro, quando Zonta retorna ao carro número 100 do “Timão”.

O RZ Corinthians Motorsport tem patrocínio da Pro Tork, Renata, Girho’s, Pilão, Banco Panamericano, Neo Química, Midway, Mon e Condor Supermercados.

Final:

1°. Ricardo Zonta/Franl Kechele (Lamborghini), 37 voltas em 1h01min30s
2°. Frederic Makowiecki/Yann Clairay (Aston Martin), a 11s897
3°. Warren Hugues/Jamie Campbell-Walter (Nissan), a 12s352
4°. Darren Turner/Tomas Enge (Aston Martin), a 12s968
5°. Nicky Pastorelli/Dominik Schwager (Lamborghini), a 30s362
6°. Bas Leinders/Maxime Martin (Ford), a 36s026
7°. Andrea Bertolini/Michael Bartels (Maserati), a 40s311
8°. Enrique Bernoldi/Miguel Ramos (Maserati), a 50s589
9°. Neel Jani/Nicolas Amindo (Ford), a 51s023
10°. Marc Hennerici/Alexander Margaritis (Corvette), a 1min02s30