Nissan apresenta Nissan LEAF e Nissan March no Salão do Automóvel

26 de outubro de 2010

A Nissan do Brasil traz à edição comemorativa dos 50 anos do Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, além dos sete modelos da linha 2011 apresenta o Nissan LEAF e Nissan March, importantes destaques expostos durante o evento, reforçam o posicionamento global da Nissan, o de levar inovação para todos os segmentos.

O Nissan March é a grande estrela da Nissan do Brasil neste Salão do Automóvel. Isso porque o modelo trará ao país um novo conceito de se pensar em um carro popular. Com produção na Índia, Tailândia, Indonésia, México e China, e vendas projetadas para cerca de 170 países e deverá atingir a marca de um milhão de veículos comercializados até 2013.  O popular japonês da Nissan é fabricado sob a inédita plataforma V, tecnologia desenvolvida nos últimos três anos pela montadora que permite versatilidade no processo de produção.

Nissan LEAF –  O modelo anuncia uma nova era tanto para a Nissan quanto para a mobilidade mundial. Com o objetivo de atender aos requisitos do consumidor do mundo real, a Nissan desenvolveu o Nissan LEAF, o único carro 100% elétrico no mundo produzido em grande escala.  Ao contrário de veículos de combustão interna (ICE), o Nissan LEAF não possui cano de escape e, portanto, não emite CO2 ou outros gases que contribuem para o efeito estufa.

O carro, com características de um hatch médio que comporta confortavelmente cinco passageiros, é a incorporação da visão inovadora da Nissan em relação ao futuro e a décadas de investimentos e pesquisas. Nissan LEAF será lançado internacionalmente em dezembro, sendo que seu primeiro lote de reservas já foi superado em mais de 20 mil pedidos apenas nos EUA.

O Nissan LEAF é alimentado por uma bateria de íon-lítio de 90 quilowatts de potência e 24 quilowatts hora de energia, a qual pode ser recarregada durante a noite em uma tomada de 110 volts ou através de um recarregador, como um telefone celular. Com uma aceleração vigorosa, o veículo atinge até 145 quilômetros por hora.

O Nissan LEAF tem autonomia de 160 quilômetros com uma única carga. Pesquisas revelam que essa distância é adequada às necessidades diárias da maioria dos motoristas. Tem ainda um sistema tecnológico avançado, o qual irá ajudar a gerenciar a condução do veículo e a recarga da bateria.

Até mesmo os menores detalhes podem causar um enorme efeito. Assim, o estilo dianteiro do Nissan LEAF é caracterizado por um design elegante em formato V perpendicular, apresentando longos farois de LED inclinados para cima, usando um design reflexivo interno azul.

Mas os farois fazem muito mais. Foram projetados para dividir e redirecionar com inteligência o fluxo de ar dos espelhos da porta, reduzindo assim o ruído e a resistência do vento. Oferecem ainda um benefício adicional, porque consomem apenas 50% da eletricidade de lâmpadas convencionais.

Fabricado em Oppama, Japão, a Nissan ampliará sua capacidade incluindo a produção do Nissan LEAF em Smyrna, Tennessee, EUA, prevista para 2012. Enquanto isso, baterias de íon lítio estão sendo produzidas em Zama, Japão, com produção adicional planejada para EUA, Reino Unido e Portugal, e outros locais para investimento estão em estudo no mundo.