Valdeno Brito e Matheus Stumpf começam na frente em Pinhais

30 de outubro de 2010

Os treinos livres desta sexta-feira (29), em Pinhais (PR), trouxeram uma preocupação a mais para os pilotos que tentam impedir uma conquista antecipada da dupla Valdeno Brito e Matheus Stumpf, com um Ford GT, na categoria GTBR3. Os líderes do campeonato, que têm vantagem suficiente para assegurar o título nesta rodada dupla, dependendo de uma combinação de resultados, foram os mais rápidos no primeiro dia de atividades da penúltima etapa da temporada, que será disputada neste sábado (30) e domingo (31).

“Sem dúvida, começamos bem, mas nosso objetivo não é ganhar a todo custo aqui. Vamos trabalhar com a vantagem que temos. Se der para ganhar, ótimo. Se não der, vamos com a cabeça de sempre, pensando no campeonato, no melhor resultado possível”, afirma Valdeno Brito. Apesar do início promissor, o piloto paraibano da BMG Racing destaca a dificuldade de pilotagem do modelo Ford GT nesta etapa, em função do lastro de sucesso. A dupla está carregando 65 kg a mais no carro – uma medida de equilíbrio de desempenho prevista por regulamento.

“Estamos sentido uma dificuldade grande, especialmente nas freadas, na entrada de curva. Mas trabalhamos bem no carro e conseguimos um acerto razoável mesmo assim”, destaca Valdeno Brito. O segundo melhor tempo do dia ficou com os atuais campeões Claudio Ricci e Rafael Derani, de Ferrari F430. Uma recompensa ao esforço da equipe, que trabalhou duro para recuperar o carro após o acidente sofrido em setembro, nos treinos do Velopark. “A equipe fez um trabalho fantástico, o carro está totalmente equilibrado”, avalia Claudio Ricci.

“Curitiba é uma pista que sempre favoreceu o Ferrari e estamos bem, principalmente de miolo. O Rafael (Derani) também fez tempos consistentes e isso tudo traz um ânimo diferente. Estamos aqui pensando na vitória, temos um carro competitivo, bom de corrida, e agora é focar nas tomadas de tempo”, revela Claudio Ricci. A terceira posição ficou nas mãos de Ricardo Maurício e Bruno Garfinkel, de Lamborghini Gallardo LP560. A dupla ainda alimenta pequenas chances de título. “Foi bom, até melhor do que esperávamos. As modificações que fizemos nos treinos foram bastante positivas”, diz Ricardo Maurício.

Allam Khodair e Marcelo Hahn, também candidatos ao título, acabaram em quarto com o Lamborghini Gallardo LP560. Walter Derani e Aluízio Coelho – substituindo Antonio Pizzonia – comprovaram o bom desempenho do Ferrari F430 com a quinta posição. As atividades prosseguem neste sábado, com mais um treino livre, tomadas de tempo e a primeira corrida do fim de semana, marcada para 15h50, com transmissão ao vivo da RedeTV!. Para assegurar o título por antecipação sem depender de outros resultados, Valdeno Brito e Matheus Stumpf precisam de um terceiro e um quarto lugares.