European Fórmula 3 Open: Victor Corrêa termina campeonato em quinto

31 de outubro de 2010

Único representante brasileiro, Victor Corrêa (Unifenas) terminou o European F3 Open na quinta posição. Na oitava e última rodada dupla, disputada no último final de semana (30 e 31/10) em Barcelona, na Espanha, o mineiro somou um pódio com terceiro lugar, uma quarta posição, uma volta mais rápida, além de ter liderado a última corrida. “Foi uma boa temporada, a despeito de eu não ter participado das quatro primeiras corridas. Pelo menos deixei a minha marca no campeonato com poles, vitórias e voltas mais rápidas”, comentou o representante de Alfenas, sul de Minas Gerais.

Na 15ª etapa Victor largou em segundo e ainda na primeira volta, em disputa pela liderança com o espanhol Luis Villalba acertou a traseira do carro do mineiro, que caiu para as última posiçção. Em uma excelente recuperação, o brasileiro recebeu a bandeirada em terceiro e subiu no pódio ao lado do espanhol Nil Montserrat, que venceu, e do libanês Noel Jammal, que assumiu a liderança do campeonato com o segundo lugar.

Na corrida de encerramento do certame Corrêa partiu em terceiro a na primeira volta já assumiu a liderança, que manteve até a metade da corrida, quando teve que entrar nos boxes para uma troca de pneu. Na volta estabeleceu a volta mais rápida da corrida em outra fantástica recuperação para terminar em quarto. A vitória ficou com o espanhol Luis Villalba e o título é o libanês Noel Jammal, que havia abandonado.

Desde que estreou no European F3 Open em 12 provas disputadas Victor Corrêa abandonou três etapas, mas subiu no pódio sete vezes – dois por ter vencido -, além de dois quarto lugares. Suas vitórias foram em Monza, na Itália, onde também conquistou pole position, além de Brands Hatch (Inglaterra).

“Acredito que se eu tivesse começado o ano fazendo pré-temporada e participado de todas as corridas, chegaria à última etapa brigando pelo título. Meus resultados e os elogios que recebi da imprensa européia e da minha equipe atestam este meu sentimento”, falou o piloto da equipe inglesa West-Tec Racing, que fez o convite de participação ao brasileiro a partir da terceira rodada dupla.