Confira relação dos motores para GP do Brasil

5 de novembro de 2010

Como regra adotada pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) cada piloto só poderá usar oito motores ao longo das 19 etapas na temporada, um equipamento confiável é mais que necessário para o sucesso nas duas corridas finais.  Caso algum piloto ultrapasse esse limite de oito motores automaticamente cai 10 lugares no grid de largada. Acompanhe abaixo a relação dos motores usados esse ano até o momento por pilotos.

McLaren Mercedes – Jenson Button e  Lewis Hamilton – oito motores

Mercedes GP –  Michael Schumacher  e Nico Rosberg – oito motores

Red Bull  Renault – Sebastian Vettel e Mark Webber – oito motores

Ferrari – Felipe Massa 9 e  Fernando Alonso – sete motores

Williams Cosworth –  Rubens Barrichello sete e Nico Hulkenberg oito motores

Renault – Robert Kubica  e Vitaly Petrov sete motores

Force India Mercedes – Adrian Sutil  e  Vitantonio Liuzzi – oito motores

STR Ferrari – Sebastien Buemi e  Jaime Alguersuari – oito motoresLotus Cosworth – Jarno Trulli  e Heikki Kovalainen – oito motores

HRT Cosworth – Sakon Yamamoto e Bruno Senna – sete motores

BMW Sauber, Ferrari –  Nick Heidfeld (Pedro De la Rosa)  9 e  Kamui Kobayashi – oito motores

Virgem Cosworth –  Timo Glock  e Lucas Di Grassi – oito motores.