Fã de Interlagos, Kubica pode surpreender

5 de novembro de 2010

Robert Kubica pode até não estar na disputa do título de 2010, mas ele pode roubar pontos importantes dos que batalham pela conquista neste fim de semana. O seu desempenho no Brasil pode desempenhar um papel fundamental no desfecho do campeonato. Kubica  foi entrevistado pelo site oficial da Fórmula Um, e essa entrevista você acompanha agora.

Você foi ao pódio ano passado no Brasil. O que mais lhe atrai na pista brasileira?

Robert Kubica: Interlagos é uma pista fantástica. Gostei das modificações que foram feitas nas áreas de escape, subistituindo alguns cantos de cascalho para asfalto, o que lhe dá uma melhor chance de voltar, sem grandes perdas.De modo geral ainda é uma pista muito desafiadora. Você tem que saber regular bem o carro. É difícil o acerto do nível de downforce, especialmente porque a segunda parte da pista é muito lenta  e é aí onde você precisa boa pressão aerodinâmica, mas você também tem uma longa reta em subida e você também precisa de velocidade máxima. Todos estes diferentes componentes fazem esta pista muito atraente.

Então gosta de corrida no Brasili?

RK: Bem, o resultado do ano passado foi uma grande surpresa porque nós tínhamos tido um ano muito difícil com a BMW. Surpreendentemente, tivemos um carro muito bom aqui  e, claro, ganhamos algumas posições devido ao acidente na primeira volta. Vai ser muito difícil no domingo, para repetir esse resultado. O tempo sempre exerce um papel importante. Quando o asfalto está molhado, é muito escorregadio, então vamos ver o que poderemos fazer.

Qual seria a melhor condição da pista para a Renault este ano em São Paulo? Seca ou molhada?

RK: É difícil julgar sem ter guiado o carro ainda. Muito vai depender do equilíbrio geral do carro e vai ser difícil lutar contra McLaren, Ferrari e Red Bull, pois como eles estão lutando pelo campeonato.

Fernando Alonso é o favorito ao título?

RK: Não sei, não posso afirmar. Após a Coréia parece que as coisas ficaram boas para ele e pela sua experiência, mesmo sem ter o carro mais rápido, ele vai dar muito trabalho para os pilotos da Red Bull. Alonso não vai tornar fácil a vida deles e deve tornar bem difícil  para qualquer um tentar ultrapassá-lo. Tudo pode acontecer dentro da corrida, tanto paraum quanto para outro. Meu palpite é que, se ele não perder muita vantagem neste fim de semana eu acho que fica mais difícil da Red Bul  mudar as coisas em Abu Dhabi.

Você acredita que pode desempenhar um papel muito importante nessa disputa?

RK: Se o carro funcionar  bem vamos fazer nossa corrida. Lutarei contra todos,não importa quem. Queremos terminar a temporada da melhor forma possível. Meu foco está claramente nosso desempenho, em nossa equipe. Claro, esta corrida aqui é crucial para o campeonato e, com certeza os fãs vão ter recompensado em emoção o que pagaram em dinheiro pelo ingresso.

Fotos:Renaut-F1/Divulgação.

Tags: