Ronaldo Freitas é vice-campeão sul-americano Formula 3

10 de novembro de 2010

O Autódromo José Carlos Pace foi palco da ultima etapa do campeonato Sul-Americano de Fórmula 3 Light, corrida que tinha um charme todo especial por estar sendo preliminar do GP Brasil de F1.

Largando na primeira posição da F-3 Light estava o piloto brasileiro, único representante do Nordeste, Ronaldo Freitas da equipe Banco BMG, na briga direta pelo Vice-Campeonato Sul-Americano da categoria, com o angolano Duarte Ferreira e o colombiano Francisco Diaz, já que o Campeão já estava com Fernando Resende.

Quando a luz verde foi dada para largada da grande decisão, o piloto nordestino conseguiu se manter à frente,  mas antes de completar a primeira volta, tentado defender seu lugar, acabou escapando e, consequentemente, perdendo várias posições. A partir daó começou o grande show de Ronaldo em uma corrida  de recuperação fantártica.

O jovem piloto cravava volta mais rápida atrás de volta mais rápida ultrapassando seus adversários na tentativa de buscar os líderes e os preciosos pontos para o campeonato. Faltando duas voltas para o final da corrida Ronaldo assumiu a liderança na freada do “S”do Senna. Mas a alegria durou pouco porque antes de completar a volta final  perde novamente a ponta para Resende. “Fiquei  sem a terceira marcha, que vinha dando problemas desde o inicio da corrida, mas na freada da curva do lago a marcha não entrou mais e fiquei sem condições de segurar a ponta”, comentou Ronaldo. Pensando no campeonato o piloto conseguiu se manter bravamente no segundo lugar,  uma posição à frente do seu maior rival na briga pelo vice-campeonato o colombiano Francisco Diaz .

Ninguém jamais diria que o final do campeonato seria tão emocionante para piloto Ronaldo Freitas, que no inicio do ano sofreu um grave acidente afastando-o das pistas por um longo período. “Perdi todos os treinos da pré temporada e não era certeza para o campeonato, fiquei em Fortaleza,  aonde moro, e com a ajuda da minha família e amigos fiz de tudo para ficar pronto para o inicio da temporada. Sabia que não estaria 100% mas queria estar em boas condições para correr”, disse o piloto.

“A conquista do vice-campeonato foi muito importante para nós.Tivemos um inicio de campeonato tumultuado com muitas quebras tivemos que montar um carro completo depois que o carro do Ronaldo pegou fogo durante a corrida da primeira etapa, acho que não completamos umas seis corridas por problemas, mas Ronaldo sempre foi um bravo piloto e, quando menos esperamos, ele faz corridas fantásticas e colocando todos nós novamente na briga, hoje ele é considerado o piloto mais rápido da Fórmula 3, o Ronaldo conquistou 12 poles position e largamos 18 vezes na primeira fila acho que esses números já mostram o quanto nosso menino é veloz”, frisou Augusto Cesário chefe de equipe do piloto Ronaldo Freitas.

Foto:Divulgação.